Terceira Central de Distribuição de Medicamentos é implantada em terminal de ônibus de Fortaleza | Panorama Farmacêutico
Notícias do setor farmacêutico

Terceira Central de Distribuição de Medicamentos é implantada em terminal de ônibus de Fortaleza

0 15

Central está instalada no terminal de ônibus do Bairro Siqueira.

Central de Distribuição de Medicamentos será implantada no Terminal do Antônio Bezerra (Foto: Divulgação/Prefeitura de Fortaleza)

Central de Distribuição de Medicamentos será implantada no Terminal do Antônio Bezerra (Foto: Divulgação/Prefeitura de Fortaleza)

A terceira Central de Distribuição de Medicamentos de Fortaleza já está funcionado. A central instalada nesta terça-feira (31) no terminal de ônibus do bairro Siqueira conta com 84 medicamentos prioritários, voltados à atenção primária, oferecidos gratuitamente pela rede municipal de postos de Saúde.

As Centrais, que atendem exclusivamente usuários dos terminais de integração, são uma extensão das farmácias dos postos e entregam medicamentos cujas receitas tenham passado pelas farmácias destas unidades anteriormente.

Nesta terceira etapa, usuários de 57 unidades de saúde, localizadas nas Regionais I, III e V, serão atendidos nas já implantadas Centrais de Distribuição de Medicamentos dos Terminais do Antônio Bezerra, Conjunto Ceará e Siqueira, conforme escolha durante o atendimento na farmácia do posto. Com isso, todos os postos das referidas Regionais passam a estar vinculados às Centrais.

Postos de saúde na cidade

Fortaleza conta, hoje, com 109 postos de saúde e um anexo, que funcionam de segunda a sexta-feira, de 7 às 19h, todos com farmácia e entrega de medicamentos da lista prioritária da Atenção Básica. Além deste serviço, os postos de saúde oferecem atendimento médico, odontológico e de enfermagem para usuários com hipertensão, diabetes, hanseníase, tuberculose e HIV.

Também está disponível acompanhamento de gestantes, puérperas, crianças e idosos; coleta de exames laboratoriais; procedimentos ambulatoriais; prevenção de câncer de boca e ginecológico; teste rápido HIV e sífilis; emissão do Cartão SUS, entre outros. Na atual gestão, já foram reformadas 70 unidades e foram construídos 19 novos postos de saúde.

Fonte: G1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.