Vacina de febre amarela deve ser tomada dez dias antes da viagem | Panorama Farmacêutico
Notícias do setor farmacêutico

Vacina de febre amarela deve ser tomada dez dias antes da viagem

0 3

Diante da expansão de casos de febre amarela registrados neste ano no Brasil e das recentes mortes de macacos por causa do vírus em São Paulo, vale relembrar que a vacina para a prevenção da doença é exigida de turistas em 135 países.

A dose deve ser aplicada ao menos dez dias antes do embarque. Na América do Sul, é preciso comprovar a vacinação para entrar na Bolívia, na Colômbia, no Equador, na Guiana, na Guiana Francesa, no Paraguai e no Suriname (veja a lista dos 135 países em viajante.anvisa.gov.br ).

A comprovação deve ser feita por meio do Certificado Internacional de Vacinação, que é gratuito e emitido em postos cadastrados pela Anvisa, somente com a viagem marcada. O documento não vence e deverá ser checado antes do embarque para o destino final. Já a vacina é aplicada gratuitamente em postos públicos sem que seja necessário levar comprovante da viagem. Em clínicas privadas de São Paulo, a dose custa cerca de R$ 200. Desde 2016, a vacina não precisa ser reaplicada a cada dez anos –mesmo que tenha sido tomada antes do ano passado.

Agente de saúde prepara vacina contra a febre amarela

Fonte: Folha Online

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.