Com patrocínio da EMS, Doutores da Alegria visitam hospitais públicos de São Paulo | Panorama Farmacêutico
Notícias do setor farmacêutico

Com patrocínio da EMS, Doutores da Alegria visitam hospitais públicos de São Paulo

0 14

Durante todo o ano, oito instituições recebem o projeto em suas pediatrias
Com o patrocínio da EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, a Associação Doutores da Alegria promove visitas a hospitais públicos da cidade de São Paulo para que, por meio da arte do palhaço, possa interagir com crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social.

O programa é gratuito e acontece durante todo o ano nos hospitais parceiros da ONG: Hospital M’Boi Mirim, Hospital Santa Marcelina, Hospital do Grajaú, Hospital do Campo Limpo, Hospital do Mandaqui, Hospital Universitário USP, Instituto da Criança do Hospital das Clínicas e Instituto de Tratamento ao Câncer (ITACI). Para cada instituição, uma dupla de palhaços com formação profissional e treinamento para atuar em hospitais atua nas pediatrias duas vezes por semana, até seis horas por dia. Os palhaços do elenco utilizam recursos como o jogo, a paródia e o humor com referência no cotidiano hospitalar.

“Todo esforço na área da saúde traz resultados gratificantes e significativos para os participantes. Pretendemos colaborar cada vez mais com ações como esta, que se alinham à missão da EMS de cuidar das pessoas, pois acreditamos que, além de um tratamento acessível e de qualidade, a saúde de todos, adultos ou crianças, merece cuidado, diversão e arte, reforçando nosso investimento em qualidade de vida”, afirma Josemara Tsuruoka, gerente de Marketing Institucional da EMS.

Em comemoração aos 25 anos da Associação, completados em 2016, a EMS também esteve junto aos Doutores na realização de 26 apresentações do espetáculo “NUMVAIDUÊ”, que trouxe um novo olhar para a experiência vivida pelos artistas nos hospitais de São Paulo. A temporada esteve em cartaz de setembro a outubro deste ano, no Teatro Eva Herz, na capital paulista.

Ainda no início deste ano, a EMS também patrocinou a realização de mais uma edição do curso Formação Básica em Palhaço, promovido pela Escola dos Doutores da Alegria, com duração de oito meses.

Sobre a EMS:

Maior laboratório farmacêutico no Brasil, líder de mercado tanto em unidades comercializadas quanto em faturamento, pertencente ao Grupo NC. Com cinco mil colaboradores e mais de 50 anos de história, atua nos segmentos de prescrição médica, genéricos, medicamentos de marca, OTC e hospitalar, fabricando produtos para praticamente todas as áreas da Medicina. Tem presença no mercado norte-americano por meio da Brace Pharma, empresa com foco em inovação radical. A EMS também investe consistentemente em inovação incremental e é uma das acionistas da Bionovis, de medicamentos biotecnológicos – considerados o futuro da indústria farmacêutica. A empresa possui unidades produtivas em São Bernardo do Campo, em Jaguariúna e em Hortolândia (SP), onde funciona o complexo industrial, incluindo o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, um dos maiores e mais modernos da América Latina, e a unidade totalmente robotizada de embalagem de medicamentos sólidos; conta com a Novamed, localizada em Manaus (AM), uma das maiores e mais modernas fábricas de medicamentos sólidos do mundo; e se instalou em maio de 2017 em Brasília (DF). A EMS exporta para mais de 40 países – www.ems.com.br.

Doutores da Alegria

Doutores da Alegria introduziu a arte do palhaço no universo da saúde, intervindo há 25 anos junto a crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos.

A partir das intervenções em São Paulo e Recife, a associação compartilha o conhecimento produzido através de formação, pesquisa, publicações e manifestações artísticas. Entre seus projetos destacam-se a Escola dos Doutores da Alegria, um programa de formação de cunho social, o desenvolvimento de uma programação permanente em hospitais públicos e a articulação de uma rede de iniciativas semelhantes. E o conteúdo artístico produzido é apresentado em teatros e em empresas.

Em 2016, Doutores da Alegria se reposiciona a partir de uma nova governança e uma nova tarefa institucional, propondo a arte como uma das necessidades básicas para o desenvolvimento digno do ser humano.

O trabalho é gratuito para os hospitais e mantido por doações de pessoas e empresas. Saiba mais em doutoresdaalegria.org.br e em facebook.com/doutores.

Fonte: SEGS

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.