Evento de Farmácias em Curitiba celebra o Dia Mundial do Diabetes | Panorama Farmacêutico
Notícias do setor farmacêutico

Evento de Farmácias em Curitiba celebra o Dia Mundial do Diabetes

0 18

Para celebrar o Dia Mundial do Diabetes, acontece nesta terça (14) na Maxifarma Bacacheri, a terceira edição do Dia Mundial do Diabetes – São Domingos. Realizado pela Farmácia São Domingos e Homeoterápica – Farmácia de Manipulação, a iniciativa tem a finalidade de alertar a população sobre os riscos da doença que acomete cada vez mais pessoas no mundo. Como de costume a ação realizará testes de glicose gratuitos, medição de pressão arterial e oferecerá orientações à comunidade.

Foto: DINO

O Dia Mundial do Diabetes foi criado em 1991 pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) e Organização Mundial da Saúde (OMS), em resposta a preocupações com crescentes diagnósticos de diabetes no mundo. O Dia Mundial do Diabetes tornou-se um dia oficial das Nações Unidas em 2006 com a aprovação da Resolução das Nações Unidas 61/225.
É a maior campanha de conscientização sobre diabetes do mundo, atingindo uma audiência global de mais de 1 bilhão de pessoas em mais de 160 países. A campanha chama a atenção para questões de primordial importância para o mundo do diabetes e mantém o diabetes firmemente no foco público e político.

A data de 14 de novembro foi escolhida por marcar o aniversário de Frederick Banting que, junto com Charles Best, concebeu a ideia que levou à descoberta da insulina em 1921.

Diabetes

Nos últimos dez anos os casos de diabetes no Brasil aumentaram em 60%. Dados que preocupam já que a doença atinge cerca de 16 milhões de brasileiros. Não pense que o açúcar é o maior vilão, a obesidade tem sido um dos principais fatores para esse crescimento. Nestes casos é mais comum a diabetes do tipo 2, aquela em que a pessoa acaba adquirindo ao longo da vida por conta de hábitos alimentares e estilo de vida. Isto porque o organismo não consegue produzir adequadamente a insulina, ou não produz insulina suficiente para controlar a taxa de açúcar no sangue.

A diabetes do tipo 1 é uma doença autoimune. Aparece geralmente na infância e adolescência, mas pode ser diagnosticada somente na idade adulta. Esse tipo é tratado com reposição de insulina, medicamentos, planejamento alimentar e atividades físicas, que ajudam a controlar o nível de glicose no sangue.

Em ambos os casos a doença pode ser controlada com atividade física e alimentação balanceada. Em situações mais graves pode ser necessário o uso de insulina e outros medicamentos.

A alimentação saudável tem sido considerada pelos especialistas como a alternativa mais viável.

Segundo IDF (Federação Internacional do Diabetes), um estilo de vida saudável pode prevenir em até 70% o diabetes 2.

Hábitos saudáveis e simples como incluir o brócolis no prato ajudam na prevenção. O ideal é que a dieta seja rica em vegetais, legumes e frutas, castanhas e carnes brancas.

Estudos mostram que a inclusão de determinados alimentos tem resultado efetivo no tratamento da doença, como brócolis, couve, repolho e outros alimentos ricos em fibras.
Logo, mudar o cardápio pode ser o grande aliado no combate à doença. Mas, a forma de preparo também é importante. É preciso evitar a fritura, já que alimentos antioxidantes são sensíveis a altas temperaturas e assim perdem suas propriedades.

Alimentos como lentilha, grão-de-bico, aveia e frutas, também são importantes na prevenção e no tratamento do diabetes do tipo 2 por serem ricos em fibras, que além de diminuírem a absorção de gordura dos alimentos, ajudam em um peso saudável, além de regularem a flora intestinal.

Fale com seu Médico

Se você tem diabetes, converse com o seu médico sobre suas metas glicêmicas. Essas são individualizadas e devem ser mantidas para prevenir complicações agudas e crônicas. Diabetes pode causar problemas nos rins, visão, coração, vasos sanguíneos e nos pés.
Todo o diagnóstico deve ser confirmado por um médico.

Fonte: Terra

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.