fbpx

Gastos com pesquisa impactam Ebitda da Merck

215

A alemã Merck acaba de divulgar os resultados financeiros globais do terceiro trimestre. Apesar de um cenário desafiador e em meio a efeitos negativos de taxas de câmbio, o laboratório conseguiu manter a previsão de crescimento para o ano. Os EBITDA pré-excepcionais apresentaram uma redução de 8,3%, impactados pelos maiores gastos com pesquisa e desenvolvimento, preparativos para lançamentos de healthcare.

“Geramos crescimento orgânico saudável em healthcare e life science. Em performance materials, nosso portfólio diversificado está nos ajudando a lidar com os desafios em cristais líquidos”, disse Stefan Oschmann, CEO e presidente da Comissão Executiva da Merck. “Nós confirmamos a perspectiva do ano, apesar dos ventos contrários. Desde o início do ano, reduzimos nossa dívida financeira líquida em € 1 bilhão”, ressalta.

A unidade de negócios de process solutions, que comercializa itens para toda a cadeia de valor da produção farmacêutica, apresentou forte crescimento de vendas orgânicas no terceiro trimestre (5,2%). O principal motor foi a demanda por produtos e serviços de uso único. A unidade de negócios research solutions, que fornece produtos e serviços para apoiar pesquisas de life science para laboratórios farmacêuticos, de biotecnologia e acadêmicas, promoveu crescimento de vendas de 4%. A unidade beneficiou-se particularmente das vendas via plataforma de comércio eletrônico disponibilizada pela integração da Sigma-Aldrich.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Comentários
Carregando...