Notícias do setor farmacêutico

Saúde 4.0: a revolução no cuidado com o paciente

“Prevenir é melhor do que remediar”, já dizia o ditado popular. A verdade é que este lema nunca esteve tão próximo da medicina atual. Houve um tempo em que uma das maiores preocupações do ser humano era ser acometido por enfermidades. Vivia-se normalmente até que a doença chegasse. A partir daí, tudo o que se podia esperar era um tratamento paliativo. Com o amadurecimento e o desenvolvimento da saúde, hoje somos capazes de tratar muitas doenças e permitir ao indivíduo uma vida cada vez mais longeva. Isso até a próxima doença. Mas a grande questão é: como evitar este ciclo vicioso? A Saúde 4.0 deve ser a resposta durante os próximos anos.

O termo parte da IV Revolução Industrial e traz uma concepção ampla que une o universo da tecnologia e o da saúde. Dois conceitos são contemplados nessa nova perspectiva: computação em nuvem e internet das coisas – termo utilizado para se referir à conexão entre itens usados no dia a dia e a rede mundial de computadores. Entre outros fatores, a Saúde 4.0 prevê a digitalização de dados, interconectividade entre máquinas e comandos, bancos de dados mais eficientes e, principalmente, maior autonomia dos pacientes em relação à própria saúde.

É possível afirmar que em um futuro não tão distante, teremos maior abrangência no cuidado com o paciente. Isso significa que smartphones e aplicativos específicos poderão ser utilizados, por exemplo, para realizar exames de imagem, como ultrassonografias, e exames de oftalmologia. Enquanto que com a análise de dados coletados por wearables e o mapeamento do genoma humano, a personalização da medicina chegará a níveis tão sofisticados que os medicamentospoderão ser enviados diretamente à casa dos pacientes, com dosagens e identificações específicas.

Realidade em algumas instituições de saúde que investem em tecnologia, a computação em nuvem já permite ao médico acessar o prontuário eletrônico do paciente e os laudos de exames a partir de qualquer lugar, por meio de um dispositivo com acesso à internet. É a tecnologia a serviço não apenas da saúde, mas da qualidade de vida e do bem-estar de todos da sociedade.

Hoje, podemos dizer que a área de healthcare-IT é uma das que mais avançou ao longo dos anos. Desde processos internos e exames minuciosos até redução de custos ou aumento do acesso a dados laboratoriais, é fato que a saúde caminha a passos largos para o desenvolvimento. Agora, cabe às empresas e instituições observarem de perto essa tendência, e ficarem cada vez mais atentas às mudanças e novas perspectivas. A Saúde 4.0 aos poucos vem se tornando realidade mundo a fora. Por aqui, o futuro já bate à nossa porta.

Fonte: Portal fator Brasil

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.