fbpx

Com dívida de R$ 1 bi, BR Pharma busca crédito

114

Sem capital de giro para tentar manter a Brasil Pharma operando, o controlador da empresa, Paulo Remy, tem pressionado credores em busca de novos recursos. A PPLA Participations, holding offshore de investimentos dos sócios do BTG Pactual, concentra 80% da dívida da companhia. No total, os créditos da PPLA somam quase R$ 1 bilhão.

Remy tem tentado convencer o BTG da necessidade de recursos para capital de giro, especialmente para pagar fornecedores de medicamentos. Isso aumenta o risco de pedido de falência, algo que Remy e o BTG consideram o pior cenário.

O Valor apurou que Remy tem considerado a possibilidade de recorrer a um pedido de recuperação judicial e que o BTG já foi informado disso. A rede de 700 farmácias foi vendida pelo BTG a Remy em abril do ano passado por cerca de R$ 1 mil.

Fonte: Valor Online

Comentários
Carregando...