Notícias do setor farmacêutico

Novartis lança aplicativo que auxilia pacientes e médicos no controle de doenças crônicas de pele

 

Com o objetivo de auxiliar pacientes e médicos no controle de doenças de pele, como a psoríase e a urticária crônica espontânea, a Novartis lança o aplicativo Bem Estar, uma tecnologia que auxilia no diagnóstico, permite o acompanhamento assertivo do desenvolvimento da doença e evolução do tratamento.

Funcionando como um diário de sintomas, o app permite a criação de um histórico compartilhado entre paciente e médico, que inclui registros de fotos de lesões e crises, listagem de medicamentos e testes periódicos para avaliação de quadro clínico.

Para psoríase são disponibilizados os testes de Índice de Qualidade de Vida em Dermatologia (DLQI), que aponta o impacto da doença no dia a dia, e o Índice de Área e Gravidade da Psoríase (PASI), que avalia a área comprometida e a intensidade dos sintomas da psoríase. Já para pacientes com urticária crônica, além do DLQI, o aplicativo conta com duas calculadoras para avaliação dos sinais e sintomas da urticária (UAS7) e também do angioedema, que são inchaços nas camadas mais profundas da pele.

Com base em todas as informações adicionadas no app, é possível gerar um relatório e enviar diretamente para o médico, queterá acesso detalhado à evolução da doença, com base em análise gráfica e de dados, fundamentais para a avaliação da efetividade do tratamento.

O aplicativo está disponível para Android e IOS.

Sobre a Psoríase

Aproximadamente três milhões2 de brasileiros sofrem com os sintomas da psoríase, doença de pele crônica e inflamatória que tem origem quando o próprio organismo faz com que células da pele comecem a se renovar mais rápido que o normal, causando lesões avermelhadas, coceira, descamação e dor1,2. O efeito da psoríase na qualidade de vida tem se mostrado semelhante ao de patologias como o câncer, doenças cardíacas, artrite, diabetes tipo 2 e depressão.3

Sobre a Urticária Crônica

Ao menos 20% da população terá pelo menos 1 episódio de urticária em algum momento da vida. Existem diversos tipos de urticária.4 Na maior parte dos casos, as crises são agudas e desaparecem em menos de 6 semanas, sem deixar marcas ou cicatrizes.4 No entanto, na urticária crônica, elas chegam a durar seis semanas ou mais e podem prolongar-se por anos.5-8Outro agravante é que de 66-93% das urticárias crônicas surgem de forma espontânea, ou seja, acontecem sem que se encontre qualquer fator externo desencadeante, dificultando o diagnóstico e tratamento, principalmente nos casos onde os pacientes não respondem aos anti-histamínicos.

Fonte: Rede Press

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. AceitarConsulte mais informação