fbpx

Novartis pode vender unidade de genéricos dermatológicos

130

Por Manuel Baigorri.

A Novartis está estudando a venda da divisão de medicamentos dermatológicos genéricos em meio à busca para se desfazer de alguns de seus tratamentos menos rentáveis e para se concentrar em áreas de crescimento, como a do câncer, segundo pessoas a par do assunto.

A divisão, baseada majoritariamente nos EUA, pode ser avaliada em US$ 1 bilhão a US$ 1,5 bilhão e atrair tanto empresas de private equity quanto outras farmacêuticas, disseram as pessoas, que pediram para não serem identificadas porque as conversas são privadas. Entre os ativos colocados à venda há tratamentos para a pele e algumas unidades de fabricação, disseram as pessoas.

A Novartis trabalha com uma assessoria financeira na possível venda, que está em fase preliminar, disseram as pessoas. A decisão final não foi tomada e a empresa ainda pode resolver não vender, disseram as pessoas. Um representante da companhia com sede na Basileia, Suíça, preferiu não comentar.

A Novartis fechou acordo nesta semana para comprar a Advanced Accelerator Applications por cerca de US$ 3,9 bilhões em dinheiro, incorporando uma empresa radiofarmacêutica cujos medicamentos são usados para diagnosticar e tratar doenças como o câncer. A divisão de genéricos da gigante suíça, a Sandoz, está em dificuldades nos EUA devido à pressão dos preços. Em 24 de outubro, a empresa alertou que as vendas da unidade podem ter ligeira queda neste ano.

A Novartis construiu a divisão de dermatologia da Sandoz por meio de aquisições. A farmacêutica comprou a Fougera Pharmaceuticals, com sede nos EUA, por US$ 1,5 bilhão em 2012 em transação que a transformou na maior vendedora de medicamentos genéricos para a pele. No ano passado, a empresa adquiriu a marca de cuidados dermatológicos AmLactin da Upsher-Smith Laboratories, que tem sede em Minnesota, nos EUA, por um valor não divulgado.

Fonte: Bloomberg

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies