fbpx

Gastos com pesquisa impactam Ebitda da Merck

311

A alemã Merck acaba de divulgar os resultados financeiros globais do terceiro trimestre. Apesar de um cenário desafiador e em meio a efeitos negativos de taxas de câmbio, o laboratório conseguiu manter a previsão de crescimento para o ano. Os EBITDA pré-excepcionais apresentaram uma redução de 8,3%, impactados pelos maiores gastos com pesquisa e desenvolvimento, preparativos para lançamentos de healthcare.

“Geramos crescimento orgânico saudável em healthcare e life science. Em performance materials, nosso portfólio diversificado está nos ajudando a lidar com os desafios em cristais líquidos”, disse Stefan Oschmann, CEO e presidente da Comissão Executiva da Merck. “Nós confirmamos a perspectiva do ano, apesar dos ventos contrários. Desde o início do ano, reduzimos nossa dívida financeira líquida em € 1 bilhão”, ressalta.

A unidade de negócios de process solutions, que comercializa itens para toda a cadeia de valor da produção farmacêutica, apresentou forte crescimento de vendas orgânicas no terceiro trimestre (5,2%). O principal motor foi a demanda por produtos e serviços de uso único. A unidade de negócios research solutions, que fornece produtos e serviços para apoiar pesquisas de life science para laboratórios farmacêuticos, de biotecnologia e acadêmicas, promoveu crescimento de vendas de 4%. A unidade beneficiou-se particularmente das vendas via plataforma de comércio eletrônico disponibilizada pela integração da Sigma-Aldrich.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies