fbpx

Plano da Hypermarcas é crescer 2% a 3% até 2021

96

O presidente da Hypermarcas, Claudio Bergamo, iniciou reunião com analistas e investidores da companhia afirmando que o objetivo da atual gestão da empresa é buscar crescimento. De acordo com ele, o mandato dos executivos junto aos acionistas não é tratar a companhia como uma “vaca leiteira” (expressão que indica empresas maduras e sem tanto espaço para crescer).

O plano estratégico da empresa para até 2021, disse Bergamo, considera a perspectiva de crescimento a taxas 2% a 3% superiores à média do mercado farmacêutico.

Bergamo afirmou ainda que a companhia está focada em financiar esse crescimento com sua própria geração de caixa e mantendo um endividamento líquido perto de zero. A política de distribuição de dividendos também deve ser mantida, disse.

Oportunidades de crescimento

O presidente da Hypermarcas listou alguns segmentos em que a companhia enxerga oportunidades de crescimento hoje.

De acordo com ele, a companhia pode crescer em mercados onde a participação da empresa já é relevante. Segundo o executivo, ainda há espaço para lançamentos de extensões de marca.

Outra estratégia da companhia, segundo Bergamo, é aumentar a participação em mercados onde a companhia hoje tem presença baixa e atuar em mercados menos desenvolvidos até o momento no Brasil.

Sobre o desenvolvimento de novos mercados, o executivo afirmou que não necessariamente esse processo demanda altos investimentos na descoberta de novas moléculas. De acordo com ele, o mercado tem espaço para inovações na forma de aplicação dos medicamentos.

Fonte: IstoÉ

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies