fbpx

Prati-Donaduzzi comemora 24 anos com investimentos em PD&I

213

A Prati-Donaduzzi, maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil*, celebra 24 anos de atuação em dezembro. Localizada em Toledo, oeste paranaense, a empresa conta com ampla estrutura equipada com o que há de mais moderno para a produção de medicamentos. Em um sistema verticalizado, a indústria tem linhas de pesquisas e desenvolvimento de medicamentos, produção de embalagens até o transporte do produto destinado ao consumidor final.

O compromisso de levar saúde e bem-estar a milhões de brasileiros é sustentado pelo trabalho e a dedicação dos mais de 4.500 colaboradores. Por isso, as pessoas são uma das grandes apostas da indústria que possui Universidade Corporativa e investe constantemente em cursos e treinamentos, inclusive em parceria com renomadas instituições de ensino. “Internamente oferecemos uma ampla gama de treinamentos que vão desde conteúdos técnicos até comportamentais. As especializações in company possibilitam aos colaboradores acesso à instituições de renome sem ter que ir para grandes centros”, afirma o Diretor-Presidente da Prati-Donaduzzi, Eder Fernando Maffissoni.

A empresa investiu 109,24% a mais em educação em comparação com 2016. Esses investimentos fazem com que a farmacêutica se destaque em número de horas/treinamento por colaborador, enquanto a média nacional está em 22 horas, segundo Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), a Prati-Donaduzzi chegará a 80 horas em 2017. São destaques também os programas oferecidos para crianças e adolescentes que participam de aulas de ciências e robótica na indústria.

Pesquisa

Com aporte de aproximadamente 5% da receita líquida em inovação, a Prati-Donaduzzi busca na área de Pesquisa e Desenvolvimento os resultados que levam a novos mercados. Em 2017 a empresa lançou seu primeiro produto patenteado: o Sensilatte – um comprimido de enzima lactase – responsável pela quebra da lactose no organismo-, com diferenciais que facilitam a vida dos pacientes, como por exemplo, a tecnologia orodispersível – que dispensa o uso de água para ingestão.

“Pretendemos atuar em duas frentes: consolidar o portfólio de medicamentos genéricos com o lançamento de novos produtos e também investir em inovação incremental e radical. Sabemos da importância de nossa presença no mercado farmacêutico brasileiro principalmente no que diz respeito ao preço dos medicamentos genéricos, porém, também buscamos novos caminhos”, declara Maffissoni.

Hoje a Prati-Donaduzzi está presente em todos os estados brasileiros e, além do varejo, é a maior fornecedora em volume de medicamentos para órgãos públicos. A empresa é pioneira no país na produção e comercialização de medicamentos fracionáveis – que permitem ao consumidor adquirir somente a quantidade necessária para seu tratamento.

2018

Para o próximo ano a Prati-Donaduzzi almeja crescer 15% em relação a 2017 – e dobrar o faturamento nos próximos cinco anos. Em 2017 parte do faturamento será destinado ao aprimoramento e desenvolvimento de medicamentos com prescrição médica. Os primeiros produtos deste portfólio serão para a área neurológica. Outra novidade será a exportação de uma linha de nutracêuticos para os EUA. “Nossa ‘receita’ para conquistarmos novos resultados constantemente envolve pessoas, inovação e qualidade. Novos marcos em nossa história estão por vir e com certeza esses fatores vão continuar garantindo nosso crescimento em 2018”, acrescenta.
*Fonte: IMS Health MAT Setembro/2017 PMB + NRC/Doses Terapêuticas.

 

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies