fbpx

Setor de beleza prevê crescimento em 2018

9.522

O mercado brasileiro de produtos de beleza projeta um crescimento nominal de 7,5% no faturamento em 2018 sobre este ano, para R$ 118,2 bilhões, impulsionado pela recuperação econômica. As categorias de perfumaria e cremes hidratantes devem continuar a ser destaque nas vendas. Mesmo assim, as líderes de mercado Natura e Boticário mostram-se cautelosas em suas perspectivas. “O mercado de cosméticos ainda não recuperou o desempenho de antes da crise, mas 2017 foi marcado por uma incipiente retomada. Continuamos a ver o cenário macroeconômico doméstico com cautela, enquanto o consumidor mantém um comportamento tímido, o que continua a representar um desafio”, afirmou João Paulo Ferreira, presidente da Natura. Segundo ele, a queda da taxa básica de juros (Selic), a melhora nas condições de crédito e a redução da inflação estão influenciando positivamente a disponibilidade de renda da população. Por enquanto, porém, a empresa ainda não notou mudança estrutural, apesar de os indicadores mostrarem uma evolução.

Segundo João Carlos Basilio, presidente-executivo da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o crescimento real em 2017 ficará entre 1,5% e 2,5%. “Tivemos um início de ano difícil, mas que foi evoluindo, acompanhando os indicadores econômicos. Normalmente, o setor tem desempenho acima do PIB.” No acumulado do ano até outubro, as categorias de desodorantes e sabonetes tiveram o pior resultado, considerando as vendas em valor ao consumidor, com quedas de 6,94% e 3,01%, respectivamente. Houve reflexo da concorrência maior entre as marcas e das promoções do tipo “leve três e pague dois” feitas pelas fabricantes nas lojas.

O cenário é positivo para 2018, apesar de as eleições causarem certa apreensão no setor. “Ao contrário do que indicam as pesquisas mais recentes, nós acreditamos que os consumidores voltarão a comprar as marcas que usavam antes da crise. A inflação mais baixa beneficiará a economia do país”, afirmou Basilio. Para a Natura, este foi o ano em que a companhia recuperou a liderança em categorias estratégicas, como perfumaria, que continuou com desempenho acima do esperado, segundo Ferreira. Mas o fato mais marcante foi a compra da The Body Shop, que permitiu à empresa ter presença em 70 países. O presidente da Natura afirma que a meta para 2018 é manter um ritmo de crescimento saudável na América Latina e avançar na lucratividade da marca australiana Aesop. “Queremos fortalecer o negócio da Natura no Brasil, com expansão de nossa presença em diversos canais, sobretudo com a revitalização da venda direta”. O Grupo Boticário também vê o próximo ano com cautela. Artur Grynbaum, sócio e presidente da companhia, disse recentemente que o PIB crescerá em 2017 e no ano que vem, mas que o resultado das eleições ainda é uma variável que requer cuidado, pois poderá impactar as projeções. A receita bruta das marcas do grupo deve subir 6% ante o ano passado, que registrou R$ 11,4 bilhões. Esse patamar de expansão deve ser mantido em 2018.

A dona das marcas O Boticário, quem disse, Berenice?, Eudora e The Beauty Box abriu 61 pontos de venda este ano, acima dos 50 previstos. Para o ano que vem, a meta é inaugurar entre 60 e 70 unidades. Neste ano, foram investidos R$ 300 milhões em bens de capital, 18% a mais que em 2016, com recursos próprios. No canal farmacêutico, a área de higiene pessoal e perfumaria foi uma das que mais cresceu na Profarma. Neste ano, o desempenho foi 30% superior ao de 2016, sustentado pela aquisição da Drogaria Rosário. Max Fischer, diretor financeiro e de relações com investidores, afirma que o desempenho refere-se ao segmento de distribuição da empresa. “Esses produtos são um polo de atração para o consumidor no pequeno e médio varejo”. O setor vê como positiva a reforma trabalhista. De acordo com o presidente da Abihpec, a nova legislação ajudará a diminuir o número de processos na Justiça.

Fonte: Valor Online

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies