fbpx

Com dívida de R$ 1 bi, BR Pharma busca crédito

191

Sem capital de giro para tentar manter a Brasil Pharma operando, o controlador da empresa, Paulo Remy, tem pressionado credores em busca de novos recursos. A PPLA Participations, holding offshore de investimentos dos sócios do BTG Pactual, concentra 80% da dívida da companhia. No total, os créditos da PPLA somam quase R$ 1 bilhão.

Remy tem tentado convencer o BTG da necessidade de recursos para capital de giro, especialmente para pagar fornecedores de medicamentos. Isso aumenta o risco de pedido de falência, algo que Remy e o BTG consideram o pior cenário.

O Valor apurou que Remy tem considerado a possibilidade de recorrer a um pedido de recuperação judicial e que o BTG já foi informado disso. A rede de 700 farmácias foi vendida pelo BTG a Remy em abril do ano passado por cerca de R$ 1 mil.

Fonte: Valor Online

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies