Notícias do setor farmacêutico

Uso prolongado do celular pode causar problema na coluna

1.026

BDT Saúde: entenda como o uso excessivo do celular pode provocar dores no corpo

O celular já faz parte da vida corrida hoje em dia. O aparelho vai para baixo e para cima com gente e muitas vezes é para tela do celular que passamos horas olhando. Mas isso não é nada bom para a saúde.

A autônoma Leandra Alcântara trabalha com venda de roupas, mas toda divulgação e os contatos são feitos pela internet com a ajuda do celular. Ela admite chega a ficar conectada até 15h por dia, somando o trabalho e as conversas com amigos. Tanto tempo na mesma posição, fazendo a mesma coisa, tem um custo para saúde.

“Eu sinto dores no pescoço de ficar com a cabeça para baixo. As pontas dos dedos às vezes ficam dormentes de ficar digitando”, diz.

O ortopedista Lendl do Vale explica que as dores surgem porque com a cabeça inclinada, o pescoço acaba sendo forçado além do necessário e a coluna cervical é quem sofre.

“Por conta da questão do movimento, você acaba podendo ter contratura muscular e espasmos na região da musculatura dorsal e região toráxica, além de causar bastante dor de cabeça na nuca, que é consequência do posicionamento da lombar”, explica.

O que nem todo mundo sabe é que uma dica simples pode ajudar a evitar muitos desses problemas. Ao invés de usar o celular com a cabeça inclinada para baixo, experimente levantar o aparelho e deixar na altura dos olhos.

O cirurgião plástico Ícaro Samuel explica que as complicações causadas pelo uso excessivo do celular podem ir além do que se imagina. “O uso do celular ao longo do tempo pode predispor o aumento de rugas na região cervical”, alerta.

O jeito é deixar o aparelho um pouco de lado e pensar também na estética. Já para as dores tem tratamento.

“A pessoa que está com dor o tratamento vai ser baseado no uso de medicamentos, orientado pelo médico. Também tem a fisioterapia, tem atividades de fortalecimento e alongamento porque existe o problema da pessoa também ficar com o pescoço mais rígido por conta disso. Além de diminuir o o uso do celular, o que vale também para pessoas que ficam muito tempo na frente da TV e do vídeo game”, diz o médico.

Fonte: G1

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.