fbpx

Natura anuncia nova marca corporativa global

146

Depois de concluir a compra da The Body Shop por € 1 bilhão no ano passado, a Natura anunciou nesta segunda-feira (5) a criação de uma nova marca corporativa global. Chamada de Natura &Co, a marca institucional vai gerir as marcas Natura, The Body Shop e Aesop. O objetivo é gerenciar as três marcas de varejo do grupo a partir de uma mesma estratégia mundial e consolidar a empresa brasileira como um grupo global de cosméticos.

A Natura começou como uma fabricante de cosméticos há 49 anos em São Paulo e, através do modelo de venda direta, ganhou escala nacional e se tornou uma das principais indústrias do setor em atuação no Brasil, atrás apenas da Unilever. Sua primeira aquisição internacional aconteceu em 2012, quando ela comprou a marca australiana de produtos de beleza Aesop, presente nos Estados Unidos e em países da Europa e da Ásia.

No ano passado, a companhia fez a maior aquisição da sua história. Ela comprou a marca britânica de cosméticos The Body Shop por € 1 bilhão . A marca está presente mais de 60 países com milhares de lojas físicas, área que era o ponto fraco da Natura, sempre muito centrada na venda direta.

Nasce um grupo global de cosméticos Nova marca da Natura. Natura &Co/Divulgação

Com as aquisições, a Natura ganhou musculatura global. Ela está presente em 70 países, tem 3,2 mil lojas e 1,8 milhão de consultoras independentes, contando as três marcas.

Agora, para administrar e identificar toda essa estrutura, a Natura anunciou a criação da marca Natura &Co. “A nova marca corporativa consolida a criação de um grupo de cosméticos global, multicanal e multimarcas, movido por propósitos”, diz a empresa em comunicado. “Essa estrutura, que nos ajudará a crescer ao proporcionar intensas transformações do negócio, visa garantir apoio, facilitar e melhorar a integração entre as três empresas do grupo, a partir de uma estratégia global”, afirma Roberto Marques, presidente-executivo do Conselho da Administração da Natura &Co, em nota.

Marques, membro do Conselho da Administração da Natura desde abril de 2016, passou a ocupar a posição de presidente-executivo do Conselho com a criação da nova marca. Os três fundadores da Natura, Luiz Seabra, Guilherme Leal e Pedro Passos, permanecerão como co-presidentes do Conselho de Administração.

Já as marcas Natura, Aesop e The Body Shop continuam a operar com seus respectivos CEOs — João Paulo Ferreira, Michael O’Keeffe e David Boynton, que se reportarão ao Conselho, mas terão autonomia para gerir suas respectivas marcas.

Fonte: Gazeta do Povo

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.