Notícias do setor farmacêutico

STJ suspende ações sobre fornecimento de medicamentos sem aprovação da Anvisa

279

Medida é válida até o julgamento pela 2ª seção do tribunal Comentar Agência O GloboSTF mantém obrigação de planos de saúde pagarem SUS quando usuários precisarem recorrer à rede pública – (Foto: Agência O Globo)

A Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a suspensão de todos os processos, individuais ou coletivos, sobre a obrigatoriedade do fornecimento, pelos planos de saúde, de medicamentos importados não registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A suspensão vale até o julgamento dos casos e a definição da tese pela 2ª Seção. A medida se estende a todos os processos que tramitam no território nacional, exceto a concessão de tutelas provisórias de urgência.

O STJ já tem jurisprudência reconhecendo que operadoras não são obrigadas a fornecer medicamentos importados sem registro na Anvisa, mas mesmo assim o tribunal recebe grande número de recursos contra decisões de segunda instância que adotam entendimento divergente.

Fonte: Fato Online

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })