Notícias do setor farmacêutico

Walmart pode vender 80% da operação brasileira

444

A venda seria parte da estratégia do Walmart de concentrar esforços na ampliação de seus negócios na Ásia. Nesta semana, a varejista anunciou a venda de operações na Inglaterra

O Walmart estaria negociando a venda de 80% de sua operação no Brasil ao grupo Advent de private equity. Segundo o jornal The New York Times, a operação pode ser concretizada ainda no mês de maio. A notícia da venda de sua operação no Brasil havia esfriado depois de o Walmart anunciar investimentos de 1,5 bilhão em suas lojas até 2020.

A operação é parte da mudança dramática de estratégia do Walmart fora das fronteiras americanas, onde a maior varejista do mundo tem 6.300 de suas 12 mil lojas. Nos últimos anos, o Walmart vem registrando crescimento do seu mercado mundial abaixo do crescimento de sua operação local.

Mesmo depois de uma valorização recorde de suas ações em janeiro deste ano, o Walmart optou por trocar seu executivo responsável pelas suas operações internacionais no começo de fevereiro. Nesta semana, a empresa anunciou a venda de boa parte de sua operação na Inglaterra. A expectativa é que a operação capitalize a varejista para que concretize o seu avanço pela Ásia.

Expansão pela Ásia
Em teleconferência sobre os resultados da empresa, o executivo-chefe do Walmart, Doug McMillon, afirmou que a empesa definiu suas prioridades para este ano tendo como foco o “núcleo norte-americano e os principais mercados em crescimento, incluindo China e Índia”.

O primeiro passo grandioso do Walmart nesse sentido pode ser a compra do maior varejista on-line da Índia, o Flipkart. O gigante indiano foi avaliado em 11,6 bilhões de dólares em 2017. Segundo o NYT, a negociação ainda corria risco de desmoronar, mas com a venda da maior parte de sua operação na Inglaterra, o Walmart deve seguir adiante nas negociações para se instalar definitivamente na Índia.

O Walmart busca acompanhar a ascensão da Amazon pelo mercado indiano, onde a empresa de Jeff Bezos possui sua maior operação entre os países emergentes.

Grã-Bretanha
O Walmart anunciou a venda da maior parte de sua operação na Grã- Bretanha ao grupo Sainsbury’s. Com isso, a ex-concorrente passa a ser dona da maior parte da operação da Asda, tradicional varejista que o Walmart havia comprado para entrar na região. O Walmart mantém 42% de participação e receberá 2,97 bilhões de libras (41, bilhões de dólares) pela venda numa operação total de 7,3 bilhões de libras ou 10 bilhões de dólares.

A Asda tem 145 mil funcionários e corresponde a 15,5% do setor supermercadista na região. Tem 635 lojas contando as lojas Asda de produtos eletroeletrônicos e para a casa, supermercados e postos de gasolina.

A Sainsbury’s tem vendas de 31,7 bilhões de libras em um ano, com período fechado em março de 2018 e lucro de 589 milhões não tributados. A marca representa pouco mais que a Asda no setor varejista britânico, com 15,9% de marketshare e 2 mil lojas.

Com a aquisição, a Sainsbury’s assume a ponta do setor supermercadista britânico, passando a Tesco, que tem 27,6% de marketshare, vendas de 38,7 bilhões de libras, lucro de 1,05 bilhão e quase 3,5 mil lojas (somadas as operações da Grã-Bretanha e da Irlanda).

Fonte: NOVAREJO

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })