fbpx

Estatal russa criará centro de esterilização de produtos médicos no Brasil

89

Moscou, 15 mai (EFE).- A Rosatom Healthcare, filial da estatal russa de energia nuclear Rosatom, assinou um acordo com a brasileira CK3 nesta terça-feira para criar no país um centro destinado à esterilização de produtos farmacêuticos, médicos e cosméticos mediante radiação.

O acordo foi assinado pelos diretores-gerais da Rosatom Healthcare, Denis Cherednichekno, e da CK3, Renato Cherkezian, durante um fórum internacional realizado em Sochi, na Rússia.

“A nossa empresa conjunta é uma atrativa alternativa para o mercado russo, cujas soluções levam em conta o meio ambiente. Ao contrário de outros métodos de esterilização, os aceleradores de eletróns e os raios X não deixam resíduos tóxicos”, explicou Cherkezian, de acordo com comunicado divulgado pela Rosatom.
O uso da energia nuclear na medicina e na agricultura oferece as melhores oportunidades de negócio na região para a Rosatom, cuja atividade vai além da construção de usinas atômicas pelo mundo.

Na medicina, a radiação é usada nos tratamentos de câncer, um sistema que também é utilizado para a esterilização de instrumentos médicos, produtos farmacêuticos e cosméticos.

“Vemos um grande potencial no mercado brasileiro para a esterilização de produtos médicos por radiação. O emprego de tecnologias de radiação no âmbito sanitário do Brasil permite elevar substancialmente a segurança e a qualidade dos produtos importados pelo país”, afirmou Cherednichenko.
“Estamos há muito tempo estudando o mercado das tecnologias por irradiação. Apesar de sua importância, os investimentos neste campo estão em nível baixo (…). O potencial deste setor nos levou a tomar a decisão de investir nele para ampliar nossa pasta de negócios”, explicou o diretor da CK3.

Fonte: UOL

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies