Notícias do setor farmacêutico

Mito ou verdade: descongestionantes nasais viciam?

328

A baixa umidade do ar e os problemas respiratórios típicos das épocas mais frias trazem o incômodo nariz entupido. Por isso, muitas pessoas não pensam duas vezes antes de fazer uso de descongestionantes nasais. Os medicamentos vendidos sem prescrição médica,  porém, podem causar problemas à saúde quando usados indiscriminadamente.

A Dra. Maura Neves, otorrinolaringologista do Hospital Universitário da USP e da Clinica MedPrimusem São Paulo, afirma que o uso constante de descongestionantes nasais realmente “vicia” os usuários, pois causa a chamada “rinite robote ou medicamentosa” – uma congestão nasal causada pelo uso excessivo destes medicamentos.

Os produtos agem contraindo os vasos sanguíneos, o que provoca a produção de mais vasos. “Isso causa a necessidade de exposição recorrente à medicação” complementa a Dra. Renata Scatena, especialista em Terapia Intensiva Pediátrica pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e diretora clínica da Casa Crescer, um espaço focado na saúde das crianças.

Há outras opções?

De acordo com as especialistas, uma solução para este problema é a lavagem nasal com soro fisiológico, removendo assim as secreções. A recomendação é procurar um medico otorrinolaringologista que possa avaliar a causa do problema e tratá-la da forma adequada.

Fonte: Veja São Paulo

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })