fbpx

Plano deve restabelecer contrato cancelado por inadimplência

58

A Unimed de Campo Grande foi condenada a restabelecer o plano de saúde de uma cliente, que teve o contrato cancelado por alegação de inadimplência. Decisão é da 7ª Vara Cível de Campo Grande.

Conforme consta no processo, a usuária e a empresa firmaram contrato em março de 2000 e as mensalidades eram pagas pontualmente. No entanto, no fim do ano passado, a consumidora parou de pagar por conta de dificuldades financeiras e, em janeiro deste ano, a Unimed enviou notificação para que ela regularizasse a situação, sob pena de rescisão de contrato.

A cliente afirma não ter não ter recebido a notificação porque o documento teria sido encaminhado em seu endereço antigo e, ao procurar por asssitência médica, foi surpreendida com o cancelamento do contrato.

Mulher se dirigiu até a cooperativa e realizou o pagamento das mensalidades atrasadas para reativar o plano, visto que faz acompanhamento médico semanal, porém, a Unimed não autorizou o restabelecimento do contrato anterior, e ofereceu um novo plano à vítima, que não aceitou por o considerar abusivo, o que motivou o ajuizamento da ação.

Em sua defesa, a Unimed afirmou que a inadiplência foi de mais de 60 dias, fato que ocasionou a rescisão contratual, e alegou não haver qualquer irregularidade na conduta.

A advogada da autora, Giovanna Trad Cavalcanti, especialista em planos de saúde, explicou que a conduta da operadora foi de prática abusiva “A notificação foi enviada para endereço em que a autora não mais residia. E ao aceitar receber os valores das mensalidades em atraso e de mensalidade a vencer, a Unimed acabou gerando legitima expectativa à consumidora idosa de que o seu plano seria reativado. A Operadora infringiu deveres de conduta essenciais, como a boa-fé objetiva, transparência e lealdade”.

A Justiça acolheu os fundamentos expostos pela usuária, e determinou, em caráter liminar, que a Unimed restabeleça o plano de saúde da mulher no prazo de 15 dias, sob pena de multa diária.

Fonte: Jornal Dia a Dia

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies