fbpx

Farmácia do Estado em Santa Cruz vai para novo endereço

37

Se tudo ocorrer dentro do previsto, a Farmácia do Estado, em Santa Cruz, deve começar setembro de casa nova. Localizada em prédio alugado no Centro, na Rua Ernesto Alves, a unidade passará a operar, em 30 dias, junto à Farmácia da Zona Sul, ao lado do Hospitalzinho, no Bairro Santa Vitória. Quem vai ao local para retirar seus medicamentos recebe um informativo sobre a mudança.

A data da transferência ainda depende da finalização da reforma das salas da Farmácia da Zona Sul. Depois disso começa o envio do mobiliário, dos equipamentos e de todos os medicamentos disponíveis no local.

Segundo o diretor administrativo e financeiro da Secretaria Municipal de Saúde, Giovani Alles, o principal propósito da medida é aprimorar o atendimento à população. “As pessoas vão contar com amplo estacionamento e segurança 24 horas. Além disso,  precisarão enfrentar apenas uma fila, em um único local, na hora de retirar os medicamentos, já que há uma unidade distrital da Farmácia Pública Municipal no local”, explica.

Mudança preocupa pacientes

Há cinco anos, Geovani da Fontoura Paz e a esposa Juliane Oliveira se revezam para buscar os medicamentos na Farmácia do Estado. Com a mudança, o morador do Bairro Ohland precisará de dois ônibus para chegar ao local. O pedreiro, que sofre com a Doença de Crohn, diz que será necessário sair mais cedo de casa, uma vez que também é preciso retirar senhas para o atendimento. “Há mais pessoas reclamando. Sem falar no pessoal que vem do interior”, comenta. É essa, também, a preocupação de outro santa-cruzense, deficiente visual, que preferiu não se identificar. “Quem vem do interior vai precisar atravessar a cidade para chegar lá. Perderá, praticamente, um dia inteiro nisso.”

Para Giovani Alles, da Secretaria de Saúde, toda a mudança acarreta readequações aos moradores. Alguns deles, como os pacientes da Zona Sul, ficarão mais próximos da unidade. “As pessoas precisam se deslocar até lá somente uma vez por mês. E, para agilizar o atendimento dos 3 mil pacientes que procuram a Farmácia do Estado, passaremos a contar com cinco guichês”, argumenta. Atualmente são apenas dois.

Fonte: GAZ

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.