fbpx

Resultados do setor farmacêutico pesam e ações europeias caem

50

Os mercados de ações europeus recuaram nesta quarta-feira, com os resultados corporativos do setor farmacêutico pesando sobre o sentimento já afetado pelas tensões comerciais, com os Estados Unidos preparando tarifas sobre outros 16 bilhões de dólares em produtos chineses.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,2 por cento, a 1.526 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,2 por cento, a 389 pontos.

Preocupações com as disputas comerciais globais continuaram pressionando os mercados de ações europeus, com o índice STOXX 600 recuando 0,6 por cento até agora em agosto.

As atualizações de resultados das farmacêuticas dinamarquesas Novo Nordisk e Lundbeck desapontaram os investidores e suas ações caíram cerca de 5,96 e 14,29 por cento, respectivamente.

A ação da britânica UDG Healthcare também teve queda de cerca de 10 por cento depois de ter registrado fraqueza nas suas vendas de contratos e no segmento de serviços de apoio ao paciente.

Outros resultados importantes também pesaram sobre os mercados, como a varejista de alimentos holandesa Ahold Delhaize, que recuou 1,6 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,75 por cento, a 7.776 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,12 por cento, a 12.633 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,35 por cento, a 5.501 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,29 por cento, a 21.790 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,26 por cento, a 9.747 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,09 por cento, a 5.636 pontos.

Fonte: UOL

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.