Notícias do setor farmacêutico

Farmácias de bairro investem em rede social para atrair clientes

683

Depois do Facebook e WhatApp, as farmácias e drogarias de bairro em Goiás enxergam no Instagram um novo meio para interagir com os clientes. A rede social acessada todos os meses por mais de 1 bilhão de pessoas está no radar do comércio varejista de produtos farmacêuticos. Em Goiânia e no interior, as farmácias independentes já utilizam a rede social como ferramenta para anunciar novos produtos e review de lançamentos do mercado.

O presidente do Sincofarma-GO (Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás), João Aguiar Neto, diz que a adesão das farmácias e drogarias ao Instagram é fruto do incentivo que a instituição tem feito para as empresas adotarem as tecnologias que o consumidor utiliza. “O cliente se modernizou e hoje procura resolver tudo pelo smartphone. Portanto, nós precisamos garantir o atendimento na plataforma que o consumidor escolher, sem descuidar das normas a que estamos submetidos, evidentemente”, afirma Aguiar.

As drogarias aproveitam a audiência na internet para comercializar cosméticos e produtos de beleza, como a Drogashop, localizada na Região Leste de Goiânia, que usou as redes sociais para fazer ações de marketing, como da black friday em novembro passado. É o que atrai a atenção da gestora de pessoas Renata Silva, de Aparecida de Goiânia. “Sempre fico procurando no Instagram das farmácias que sigo as promoções de produtos de manipulação para o rosto e para o corpo. São cremes, pomadas e tratamentos para a pele e etc. O que eu queria mesmo é ter dinheiro para comprar tudo isso ao mesmo tempo”, brinca Renata, usuária do Instagram desde 2015.

Wander Tamura Borges é gerente da Drogaria do Clero, em Aparecida de Goiânia. Ele diz que o perfil da empresa no Instagram foi criado há três anos com o propósito comercial. Mas depois de passar por cursos de qualificação em atendimento e gestão, o executivo da uma atenção a mais para a ferramenta e agora conduz um processo de reestruturação no Instagram da drogaria. “É preciso qualificar o relacionamento com o cliente. Queremos agregar valor à marca com a prestação de serviço à sociedade através de comunicados de interesse público, por exemplo”, comenta Wander.

Fonte: O Hoje

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.