fbpx

Número de crianças sem vacina quadruplica nos EUA

1.313

Um relatório produzido pelo Centers for Disease Control and Prevention (CDC), agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, evidencia uma crescente preocupação entre as autoridades locais. Segundo o estudo, o percentual de crianças menores de dois anos que não recebeu nenhuma vacina quadruplicou nos últimos 17 anos.

Dos meninos e meninas nascidas em 2015, cerca de 100 mil não foram imunizados desde então. O percentual ainda é pequeno em relação ao contingente total de crianças norte-americanas – 1,3% –, mas era de apenas 0,9% em 2011. Nas zonas rurais do país, o índice sobe para 2%.

No ano passado, os Estados Unidos voltaram a registrar a incidência de doenças como o sarampo. Um dos surtos ocorreu no estado de Minnesota, onde a maioria dos casos confirmados envolvia crianças somali não vacinadas. A baixa adesão foi desencadeada por informações distorcidas disseminadas por ativistas contrários à imunização, que assustaram comunidades de imigrantes locais.

“Mas a recusa dos pais representa apenas uma das motivações para esse problema. Cerca de 7% do público sem cobertura de seguro nessa faixa etária não foi imunizada, contra 0,8% das crianças com plano de saúde privado e 1% vinculada ao Medicaid”, alerta Amanda Cohn, pediatra e conselheira sênior do CDC para vacinas.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies