fbpx

HRN implanta método de rastreamento de medicamentos por código de barras

69

Utilizando tecnologia e eficiência para a gestão de medicamentos, o setor de farmácia do Hospital Regional Norte concluiu nesta semana a implantação do código de barras em cerca de 400 itens e mais de 300 mil unidades medicamentosas. O projeto integra a Implantação do Uso do Código de Barras na Automação dos Processos Logísticos do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH). O principal objetivo é gerar segurança nos processos e no encaminhamento de medicamentos aos pacientes da unidade hospitalar.

A gerente do setor de Farmácia do HRN, Roberta Peroza, explica que o processo de implantação do código de barras teve início com um treinamento nos dias 22 a 24 de outubro e sua implantação entre os dias 19 a  21 de novembro, em todas farmácias concomitantemente. Para conseguir alcançar a meta de mais de 300 mil unidades, a equipe se empenhou em uma maratona de quase 10 mil unidades por dia. “O objetivo é quantificar e conseguir rastrear os lotes dos medicamentos, garantindo rastreabilidade e maior segurança do paciente”, garante Roberta.

O setor conta com cerca de 90 colaboradores, entre os quais farmacêuticos, auxiliares de farmácia e auxiliares de escritórios. Além da ​Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF) e Farmácia Central, há 8 farmácias-satélite para atender às necessidades do HRN (Emergência, Clínica Cirúrgica, Clínica Médica, Centro Cirúrgico Geral, Centro Cirúrgico Obstétrico, Clínica Pediátrica, Unidade de Neonatologia e UTI Adulto).

A gerente de farmácia da Diretoria Técnica (Ditec) do ISGH, Rosimeire Gomes, foi responsável pelo treinamento para a implantação do código de barras no HRN. De acordo com ela, muitos são os benefícios. “A implantação do código de barras possibilitará a melhoria dos processos. Entre os benefícios esperados estão a conformidade dos estoques físicos ao sistema, contribuindo para uma melhor gestão no abastecimento dos insumos. Além disso, a rastreabilidade gera uma barreira de segurança na dispensação”, avalia.

Implantação

O projeto de Implantação do Uso do Código de Barras na Automação dos Processos Logísticos do ISGH pretende melhorar a eficiência, acuracidade e rastreabilidade do controle de estoques, planejamento da aquisição dos insumos, operações logísticas e dispensação. A expectativa é melhorar os controles dos estoques dos insumos em toda a sua cadeia, garantindo maior conformidade entre o estoque físico e o estoque registrado no sistema; garantir a rastreabilidade e formando um histórico do trajeto do produto desde o seu recebimento até o seu uso final; maior segurança e agilidade dispensação de medicamentos. Pretende ainda melhorar a agilidade e acuracidade nos processos logísticos de recebimento, armazenamento e distribuição dos insumos e otimizar o tempo gasto com os inventários semestrais e dar maior confiabilidade e acuracidade aos resultados.

Fonte: Portal ISGH

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies