fbpx

Merck se destaca pelo 2º ano entre farmacêuticas mais sustentáveis

260

Pelo segundo ano consecutivo, a Merck, empresa alemã líder em ciência e tecnologia, está entre as empresas em destaque no Guia Exame de Sustentabilidade 2018 no segmento farmacêutico. O guia, um dos mais prestigiados do país no tema, é compilado a partir da análise rigorosa das políticas na área das empresas, com o crivo técnico da equipe do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP).

O levantamento de 2018 destacou as ações de igualdade de gêneros da Merck, que nos últimos dois anos ajudaram a aumentar em 46% o número de mulheres em cargos de liderança.  Desde 2016, a empresa vem trabalhando a igualdade de gêneros como um de seus objetivos. No ano passado, aderiu aos Princípios de Empoderamento da Mulher, comprometendo-se a seguir as diretrizes definidas pelas Nações Unidas e assim igualar as condições entre homens e mulheres.

“Sustentabilidade é um tema central para a Merck, e por isso nos orgulhamos muito quando nossas ações são reconhecidas.  O destaque no Guia Exame de Sustentabilidade desse ano confirma que estamos caminhando na direção certa na busca por mais igualdade entre os gêneros.  E pretendemos continuar avançando, pois diversidade e inclusão são pilares fundamentais de nossa empresa”, comemora Guilherme Maradei, CEO da Merck no Brasil.

Em 2017, a empresa também foi considerada a farmacêutica mais sustentável no ranking do Guia Exame, destacando-se pelo trabalho em seu parque industrial, que recebeu nos últimos cinco anos mais de R$ 160 milhões em investimento para sua modernização e expansão, de forma a se tornar mais eficiente ambientalmente. Entre 2008 e 2016, o uso de energia por unidade fabricada caiu 70%, enquanto o consumo de água foi reduzido em 76%. E em 2017, a Merck consumiu 40% menos gás natural do que em 2015, o que contribuiu para diminuir as emissões diretas de gases de efeito estufa em 35%.

O guia de 2018 destaca ainda que a Merck contribui para capacitar mulheres em situação de vulnerabilidade no bairro de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, em parceria com a ONG Banco da Providência, que oferece cursos profissionalizantes de culinária, cabeleireira, manicure, entre outros. Essa ação é realizada desde 2012, permitindo a sustentabilidade econômica de mais de 3.000 mulheres.

 Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies