Farmarcas terá mil pontos de venda até abril de 2019

A Farmarcas, associação afiliada à Febrafar e que administra atualmente nove redes de farmácias, deve fechar 2018 com 890 lojas em funcionamento e um faturamento próximo a R$ 2 bilhões – um montante 45,7% superior ao de 2017, de acordo com dados dos últimos 12 meses até outubro. Há um ano, a administradora contabilizava 685 pontos de venda.

 

Atualmente, 111 lojas estão em processo de montagem, sendo 80 delas novas e 31 conversões. A Farmarcas almeja tornar-se, até 2022, o quarto maior grupo do comércio farmacêutico brasileiro em faturamento. Até abril de 2019, a expectativa é ter um total de mil unidades e fechar 2019 com 1.100, alcançando um faturamento de R$ 3 bilhões. Hoje, as lojas estão presentes em 21 estados brasileiros.

 

Para isso, aposta no crescimento orgânico, repaginação das lojas e foco em aumentar o volume de vendas. Segundo o diretor geral, Paulo Costa, a venda de não medicamentos cresceu 65% nos últimos 12 meses. A Farmarcas é formada pelas redes AC Farma, Bigfort, Drogarias Maestra, Entrefarma, Farma100, Maxi Popular, MegaPharma, Super Popular e Ultra Popular.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação