fbpx

Comissão aprova produção ininterrupta de remédios contra câncer

72

Cleia Viana/Câmara dos Deputados / Audiência pública sobre a instituição do dia 21 de agosto como o Dia do Ultrassonografista. Dep.	Flávia Morais (PDT - GO)
Flávia Morais: interesse público tem de prevalecerCleia Viana/Câmara dos Deputados / Audiência pública sobre a instituição do dia 21 de agosto como o Dia do Ultrassonografista. Dep. Flávia Morais (PDT – GO)

Flávia Morais: interesse público tem de prevalecer

O Projeto de Lei 8225/17, do deputado Francisco Floriano (DEM-RJ), autoriza o governo federal a obrigar os laboratórios a continuar a produzir determinados remédios que não tenham substitutos no mercado.

À indústria farmacêutica ficam garantidos o reajuste anual e uma determinação de preço por parte do Executivo que leve em consideração os custos de produção.

A relatora, deputada Flávia Morais (PDT-GO), disse que a proposta atende ao princípio de que o interesse público deve prevalecer sobre os privados.

“São comuns os casos em que médicos e pacientes são surpreendidos com a suspensão e retirada do mercado de medicamentos considerados comercialmente desinteressantes”, apontou.

“Essa interrupção é muito problemática quando se trata do câncer, uma doença extremamente grave”, acrescentou.

Tramitação

A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Dourados Agora

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies