Notícias do setor farmacêutico

Prefeitura apura distribuição de medicamentos vencidos em Castilho

527

A prefeitura de Castilho (SP) abriu uma sindicância para apurar a distribuição de medicamentos vencidos depois que várias denúncias foram registradas na polícia.

Sara Katieli de Jesus foi uma das pessoas que pegou sulfato ferroso vencido na Farmácia Municipal de Castilho. O remédio foi receitado para evitar anemia na filha dela, de apenas 10 meses, mas a menina passou mal depois de ingerir a dose da medicação porque a data de vencimento estava marcada para junho de 2018.

“Meia hora depois a minha filha começou a vomitar. Fiquei preocupada e no dia seguinte ela ainda estava mal. Quando fui dar o medicamento percebi que ele estava vencido”, conta Katieli.

Pelo menos mais quatro pessoas procuraram a polícia para denunciar o caso. Segundo o município, o lote dos medicamentos citados pelas mães não bate com o dos remédios cadastrados na Farmácia Municipal.

“É complicado a gente entender de momento como foi parar na mão do paciente um medicamento de lote vencido e que não consta no nosso sistema. Mas deixar claro também que o medicamento é recebido pela FURP, uma distribuidora oficial do Governo do Estado que fornece os medicamentos para a prefeitura”, explica Sidney Ferreira, assessor de imprensa da prefeitura.

A FURP – Fundação para o Remédio Popular disse que mantém um rigoroso controle de estoque e que não envia medicamentos vencidos ou com data de vencimento próximo.

Fonte: G1

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })