Notícias do setor farmacêutico

Conitec aprova incorporação pelo SUS de medicamento da AbbVie

411

A AbbVie, companhia biofarmacêutica global baseada em pesquisa, anuncia que seu medicamento biológico adalimumabe, um anticorpo monoclonal totalmente humano, foi aprovado pela CONITEC – Comissão Nacional de Incorporação de Novas Tecnologias, para incorporação pelo SUS – Sistema Único de Saúde, para tratamento de pacientes com hidradenite supurativa ativa, moderada a grave, assim como para psoríase moderada a grave e uveíte não infecciosa intermediária, posterior e panuveíte1,2 – todas doenças inflamatórias crônicas imunomediadas com poucas opções de tratamento.   Estas incorporações de adalimumabe foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) durante o mês de outubro de 2018, em diferentes datas1,2. A partir da data de publicação da aprovação pela CONITEC, o SUS tem até 180 dias para efetivar a incorporação1,2

Adalimumabe foi o primeiro medicamento biológico aprovado para hidradenite supurativa no Brasil (dezembro de 2015) e será o primeiro biológico incorporado pelo SUS para o tratamento da forma ativa desta doença, nas fases moderada a grave. Antes da aprovação de adalimumabe para hidradenite supurativa, as principais opções disponíveis para o seu tratamento restringiam-se à cirurgia para remoção da pele afetada e ao uso de antibióticos. Também para uveíte não-infecciosa ativa, adalimumabe é o primeiro biológico aprovado para as formas intermediária, posterior e panuveíte.  Para psoríase moderada a grave, adalimumabe é recomendado como tratamento biológico de primeira escolha2.

“Estamos muito satisfeitos com a incorporação pela CONITEC de adalimumabe para o tratamento dos casos moderados e graves destas enfermidades crônicas. Estas são doenças com grande impacto na qualidade de vida e sociabilidade dos pacientes”, afirmou Karina Fontão, diretora Médica da  AbbVie no Brasil.

Mais sobre Hidradenite Supurativa, Psoríase e Uveíte Não Infecciosa3,4,5

Hidradenite Supurativa e psoríase são doenças inflamatórias crônicas, cujos sinais e sintomas se manifestam na pele – porém, de formas diferentes, com curso e prognóstico distintos3,4. A  psoríase ocorre quando o sistema imune induz a produção de células da pele em excesso; estas células se acumulam na superfície da pele e se manifestam como lesões avermelhadas e que descamam – em casos graves, podem sangrar3. A hidradenite supurativa, também chamada de acne inversa ou hidrosadenite, é caracterizada por abcessos e nódulos dolorosos e recorrentes, geralmente localizados em regiões de dobras – axilas, virilhas, nádegas e sob os seios.  A causa de ambas não é totalmente conhecida, mas sabe-se que o sistema imunológico tem um papel importante no seu desencadeamento4.

A uveíte é uma inflamação da úvea, que inclui íris, coroide e o corpo ciliar do olho.  Se não tratada, pode levar a complicações como perda da visão, catarata e glaucoma. Quando a uveíte não é causada por infecção bacteriana ou viral é considerada uveíte não infecciosa, que pode ser aguda, com duração curta, ou crônica.  Existem vários tipos de uveíte não infecciosa e cada tipo refere-se à área afetada.  A uveíte intermediária afeta a região média do olho, o corpo ciliar, em frente à retina e o vítreo; a uveíte posterior afeta o fundo do olho, incluindo a coroide, a retina e o nervo óptico; e a panuveíte é uma inflamação em todas as partes do olho5.  

Sobre adalimumabe

Adalimumabe é um anticorpo monoclonal totalmente humano desenvolvido e comercializado pela AbbVie6. Desde seu lançamento, tem tratado mais de um milhão de pacientes7 em mais de 90 países e sua eficácia e segurança a longo prazo são demonstradas por mais de 100 estudos clínicos em todo o mundo8. Adalimumabe age bloqueando a proteína chamada TNF-alfa que, quando produzida em excesso pelo sistema imunológico, causa a inflamação que pode levar a doenças crônicas, como a artrite reumatoide, psoríase, doença de Crohn,  hidradenite supurativa, entre outras6.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })