Eli Lilly compra fabricante de remédios para câncer por US$ 8 bi

A gigante farmacêutica Eli Lilly vai comprar a empresa especializada em tratamento de câncer Loxo Oncology em acordo avaliado em cerca de US$ 8 bilhões em dinheiro, anunciaram as empresas nesta segunda-feira.

A compra é a maior aquisição da Lilly, baseada em Indianápolis. Os acionistas da Loxo receberão US$ 235 por ação em dinheiro, o que  representa um prêmio de cerca de 68% sobre o preço da ação da Loxo Oncology no fechamento de sexta-feira. O acordo deve ser concretizado no fim do primeiro trimestre.

A empresa de biotecnologia de Stamford, Connecticut, está desenvolvendo tratamentos contra o câncer que têm como alvo os marcadores genéticos de um tumor, independentemente de onde estejam localizados.

O anúncio é o mais recente de uma série de acertos no setor farmacêutico. Semana passada, a Bristol-Myers Squibb disse que compraria a empresa Celgene em um acordo em dinheiro e ações de US$ 74 bilhões, criando um rival para os maiores fabricantes de medicamentos do mundo.

Outras grandes negociações incluem a compra do grupo de hemofilia americano Bioveravit pela francesa Sanofi por US$ 11,6 bilhões, além da aquisição da Avexis pela Novartis por US$ 8,7 bilhões.

O tratamento do câncer se tornou uma das principais áreas de foco da Lilly. Durante muito tempo voltada para os medicamentos contra a diabetes, a empresa sofreu uma série de reveses dispendiosos nos esforços de desenvolver o que teria sido o primeiro tratamento para a doença de Alzheimer. Sob o comando do CEO Dave Ricks, a empresa também desmembrou sua unidade de saúde animal.

Fonte: O Globo

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies