Atendimento via WhatsApp cresce no setor de manipulação

Apostando numa tendência de compras que só tem aumentado nos últimos anos, a rede de farmácias de manipulação recifense Pharmapele contabilizou um aumento de 40% no canal de vendas via WhatsApp. “Pelo menos um celular habita a casa de 92% dos brasileiros, segundo o IBGE, e um dos principais benefícios para o cliente que compra por meio do aplicativo é a comodidade de encomendar e receber o medicamento sem sair de casa”, afirma Mariana Saldanha, diretora de marketing.

A rede foi a primeira do varejo de manipulação do Brasil a realizar atendimento por esse canal, desde que o uso do aplicativo explodiu no Brasil. “O cliente envia a foto da sua receita pelo app, confirma o pedido e passa os dados de entrega. Ele escolhe se prefere pagar online ou no ato da entrega, com a máquina de cartão. Se for um medicamento controlado, o paciente entrega a via da receita para recolhimento pela Pharmapele, sem burocracia e com total segurança para todos”, explica a executiva.

As 80 franquias da rede, distribuídas por 15 estados, seguem o mesmo modelo e cada cidade tem o número próprio da região. Todos os telefones estão disponíveis para consulta no site e nas redes sociais. Outro benefício para o cliente é com relação às dúvidas e ao pós-venda, que também podem ser feitos pelo WhatsApp. “Atuamos com o formato de SAC 4.0, pelo qual o cliente busca multicanais para comunicação”, conclui.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies