Dólar avança nesta quinta, com investidores de olho na cena externa

Notas de dólar — Foto: Reuters/Dado Ruvic

Notas de dólar — Foto: Reuters/Dado Ruvic

O dólar subiu nesta quinta-feira (10), com investidores monitorando as negociações comerciais entre Estados Unidos e China e também na expectativa pela proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro.

A moeda norte-americana subiu 0,72%, vendida a R$ 3,7089. Na mínima do dia, foi a R$ 3,6752 e, na máxima, chegou a R$ 3,7249. Veja mais cotações.

Os investidores também se debruçaram sobre o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos), Jerome Powell. Ele disse nesta quinta que Fed pode ser paciente com relação à política monetária e minimizou as previsões de que as taxas de juros seriam elevadas mais duas vezes neste ano.

Os investidores monitoram o os passos do Fed diante dos temores de desaceleração econômica global, que ganharam ainda mais força nesta quinta-feira após os preços ao produtor na China avançarem em dezembro no ritmo mais fraco em mais de dois anos, um sinal preocupante de riscos deflacionário.

Cenário local

Internamente, seguiu a expectativa otimista com o novo governo e uma proposta robusta de ajuste fiscal no que se refere à reforma da Previdência.

Na véspera, o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou que até 2 milhões de benefícios previdenciários deverão ser auditados por terem indícios de irregularidades, dentro do escopo da medida provisória antifraude que deve ser assinada até segunda-feira pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Por ora, o mercado deve ficar rondando os R$ 3,70, um pouco para cima, um pouco para baixo, a depender do noticiário. Podemos sair desse nível quando tivermos mais dados com a reforma, saber a disposição dos novos parlamentares”, diz o operador de câmbio Jefferson Laatus, sócio da Laatus Educacional.

O BC vendeu nesta sessão 13,4 mil contratos de swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares. Desta forma, rolou US$ 4,69 bilhões do total de US$ 13,398 bilhões que vencem em fevereiro. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

No dia anterior, a moeda norte-americana caiu 0,89%, vendida a R$ 3,6823 – o menor valor desde outubro de 2018.

Fonte: G1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies