Notícias do setor farmacêutico

Nova York aprova aborto até os 9 meses

4.624

Primeiro era caso de estupro, depois risco de saúde da mãe. A janela se abriu mais e defensores do aborto conseguiram ampliar  aprovação para extirpar o feto do seio materno até os três meses de gestação. Mas para quem tem sangue de Herodes nas veias sempre quer mais.

Nova York tornou-se nestes dias a vitrine da sanha dos abortistas. A Assembléia Legislativa da cidade mais populosa dos Estados Unidos  aprovou uma lei que torna legal para médicos e outros profissionais de saúde, como parteiras e assistentes médicos, realizar abortos até o nascimento.

Isso mesmo!

Até os nove meses de gestação uma criança pode ser assassinada no ventre da mãe, assim ela queira. Os motivos? Pode ser qualquer um. Não, não é fake news, é uma sad news mesmo. Recapitulando: em Nova York foi aprovada uma lei que permite às mamães abortarem seus bebês até a véspera de seu nascimento. 

Qual será o próximo passo? Certamente o infanticídio até o uso da idade da razão como alguns já pleitam. Aquilo que faziam o ser humano em seu estágio primitivo querem trazer para o século XXI, e de forma glamourizada.

Ganhou até um nome bonito essa lei. Chamam-na de Lei da Saúde Reprodutiva.

Agora que se pôs contra tal absurdo foi rotulado pela imprensa de conservador e retrógrado. Coisa de religioso. Ora, ora, ora, defesa da vida agora virou coisa de retrógrado. Progressista que se preza defende o assassinato de bebês, agora até os nove meses em Nova York.

O que fizeram lá em Nova York é o que desejam fazer por aqui os grupos e ONG?s promotores do aborto. Recebem fortunas de instituições internacionais para tornarem legal a prática de morticínio intrauterino.

Fonte: O Povo

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })