EUA investigam avaliações falsas em produtos vendidos na Amazon

A Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês), está investigando um caso de usuários contratados para darem avaliações falsas a produtos vendidos por terceiros no marketplace da Amazon.

Segundo a investigação, a empresa Cure Encapsulations e seu proprietário Naftula Jacabowitz pagaram para que pessoas fizessem avaliações falsas sobre o seu suplemento de perda de peso, vendido na varejista online. O anúncio do produto indicava que a pílula controla o apetite, diminui a gordura corporal e permite a perda de peso.

A FTC alega que os réus contrataram o site amazonverifiedreviews.com para criar e publicar comentários positivos na Amazon sobre seus produtos para que os itens tivessem avaliação de cinco estrelas na plataforma.

Em ordem judicial proposta pela FTC e protocolada no Distrito de Nova York, o órgão pede que os réus sejam proibidos de fazer propaganda de qualquer suplemento alimentar sem que tenham provas científicas sobre os resultados dos medicamentos. Além disso, exige que os réus enviem e-mails para os consumidores que compraram as cápsulas e notifiquem a Amazon de que as revisões sobre seus produtos que aparecem no site são falsas.

O despacho impõe ainda o pagamento de US$ 50 mil à Comissão e a quitação de impostos não pagos durante a comercialização do produto.

“As pessoas confiam nos comentários quando compram online”, justificou Andrew Smith, diretor do Departamento de Proteção ao Consumidor da FTC. “Quando uma empresa compra resenhas falsas para inflar sua classificação na Amazon, isso prejudica tanto os compradores quanto as empresas que seguem as regras.”

Fonte: Terra

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies