Notícias do setor farmacêutico

Problemas do abuso de medicamentos estimulantes entre jovens

1.021

O uso não medicinal de medicamentos sob prescrição está se tornando uma enorme ameaça para a saúde pública, com opioides sendo responsáveis pelos maiores danos, contabilizando 76% de mortes envolvendo distúrbios relacionados ao uso de drogas. A conclusão é do Relatório Mundial sobre Drogas de 2018 pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2020/04/13/psoriase-nem-sempre-representa-fator-de-risco-para-o-coronavirus/

Um grupo expressivo desses usuários no Brasil são de estudantes que utilizam de forma indiscriminada remédios psicoestimulantes. Essas substâncias são aquelas com capacidade de aumentar o estado de alerta e a motivação, além de possuírem propriedades antidepressivas, de melhora no humor e no desempenho cognitivo. Por esse motivo, muitos vestibulandos fazem consumo indiscriminado dessas substâncias.

Para discutir esse tema e sua aplicação em uma redação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e os principais vestibulares do país, o portal UAI convidou a professora Isabela “Bela” Azevedo do Percurso Pré-Vestibular.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Fonte: Estado de Minas

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })