Notícias do setor farmacêutico

Ação da Merck promove conscientização para o câncer colorretal

613

colorretalProteger, compartilhar e levar informação onde for é o caminho que a Merck, empresa líder em ciência e tecnologia, escolheu para a campanha Março em Cores de 2019 junto com uma série de associações dedicadas ao cuidado com pacientes. A campanha faz, todos os anos, um alerta para o câncer colorretal, o segundo tipo de câncer mais comum em mulheres e o terceiro em homens no Brasil¹.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Para este ano, guarda-chuvas chamaram a atenção de quem passou pela Avenida Paulista, em São Paulo (SP), no dia 20 de março. Promotores e funcionários da empresa deram “carona” numa tarde chuvosa para que os passantes pudessem se proteger da chuva e ter mais informações de como se prevenir do câncer colorretal.

“Oferecer uma carona no guarda-chuva do Março em Cores é a oportunidade de conversarmos com as pessoas e promovermos a conscientização sobre um tipo de câncer com uma alta frequência, porém sobre o qual a população ainda conhece pouco. Com mais informação, podemos aumentar o diagnóstico precoce e as chances de um tratamento de sucesso”, afirma Maria Jimena Amaya, Head de Área Terapêutica para Oncologia da Merck.

Por conta da importância de ampliar o conhecimento sobre a doença e promover um alerta sobre opções de tratamento específicas para cada paciente nos casos metastáticos, ao longo do mês de março serão dedicadas ações de conscientização sobre o câncer colorretal. A campanha recebe o apoio de diversas instituições de instituições de médicos e de suporte ao paciente com câncer como Oncoguia, o Instituto Vencer o Câncer, a Associação Brasileira de Prevenção de Câncer de Intestino (Abrapreci), a Associação Nossa Casa, a Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), a Núcleo Assistencial para Pessoas com Câncer (Naspec), a Amor e União Contra o Câncer (AMUCC) e a Instituto Humanista de Desenvolvimento Social (HumSol).

A iniciativa convida todos a contribuir com esse movimento, doando sua positividade. Para isso, basta publicar fotos ou vídeos cheios de cor, sempre com as hashtags da campanha: #MarçoEmCores #CCrComMaisCor.

Sobre o câncer colorretal

O câncer de cólon e reto é uma doença associada a fatores genéticos, ambientais e relacionados ao estilo de vida. Os fatores de risco incluem o consumo de bebidas alcoólicas, a baixa ingestão de frutas e vegetais, o alto consumo de carnes vermelhas e de alimentos processados, a obesidade, o tabagismo e o sedentarismo2.

Os sintomas mais comuns são: alteração do ritmo intestinal, dores abdominais, presença de sangue nas fezes e dor ao evacuar. Porém, a fase inicial da doença costuma ser assintomática. Por esse motivo, os exames de rotina, como a colonoscopia, são fundamentais para a detecção precoce da doença3.

No caso de diagnósticos em estágio metastático, a solicitação de testes específicos para biomarcadores, como o RAS, é fundamental, pois é capaz de identificar um tipo de alteração biológica importante que permite personalizar o tratamento e aumentar as chances de sobrevida dos pacientes.

Após o diagnóstico e identificação do tratamento mais adequado, é importante o paciente cuidar da qualidade de vida. Manter uma alimentação balanceada, com o apoio de um nutricionista, e fazer uma atividade física recomendada por um profissional especializado são fundamentais durante otratamento4.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/10/09/o-jornal-nacional-esta-apresentando-nesta-semana-reportagens-especiais-sobre-o-uso-crescente-da-chamada-inteligencia-artificial-maquinas-que-aprendem-a-fazer-coisas-a-analisar-a-tomar-de/

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.