"
"

Indústria de HPC amplia foco no varejo farmacêutico

 

Mudanças no comportamento do consumidor têm ampliado o papel das farmácias na comercialização de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos (HPC). Projeções da Euromonitor International apontam que esse mercado terá um aumento acumulado de 14,3% até 2020. O cenário estimula as empresas do setor a ampliar atenção ao ponto de venda.

Vinícius Fausto, gerente de vendas da Nupill

Com 80 itens no portfólio, a Nupill Cosméticos investe na categoria dermo para aumentar a participação no varejo. Destaque para a linha de tratamento facial com vitamina C, seu mais recente lançamento. “Hoje, as farmácias representam 40% do volume de negócios, graças a bem sucedidas parcerias com players como Droga Raia, Drogasil, Drogaria Araujo e Ultrafarma”, afirma o gerente de vendas Vinícius Fausto.

Cristiany Lirico, gerente comercial da Professional Donna

A Professional Donna, marca de varejo da Itallian Hairtech, prevê um crescimento de 30% no canal farma em 2019. “Nossa representatividade para o faturamento da companhia deve saltar de 2% para 10% em dois anos. Para isso, buscamos atuar de maneira mais próxima junto aos distribuidores e atacadistas, especialmente nas regiões Sudeste e Sul”, comenta a gerente comercial Cristiany Lirico.

Samir Silva, gerente comercial da Dailus

Há três anos, a Dailus apostou na linha de esmaltes e maquiagem como estratégia de entrada nas farmácias e drogarias. Hoje, esses estabelecimentos respondem por 44% do faturamento. “Temos como meta impulsionar os resultados em até 8%, mirando principalmente as independentes”, observa o gerente comercial Samir Silva.

Luiz Augusto Tavares, presidente da Sun Star Brasil

Já a GUM planeja estar presente em 30 mil pontos de venda até o fim de 2019. Hoje atua em 10 mil, onde se destaca pela parceria com redes associativistas e independentes. “Entre as nossas estratégias estão a oferta de produtos inovadores como os flossers e soft picks, lançados no ano passado para facilitar a limpeza interdental e que já ocupam o topo das vendas”, pontua Luiz Augusto Tavares, presidente da Sun Star Brasil, empresa que detém a marca GUM.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies