Vitamedic investe R$ 300 mi na ampliação fabril

Fundada em 1974, a Vitamedic está investindo, até 2022, cerca de R$ 300 milhões na renovação de seu portfólio. O laboratório, um dos 20 que compõem o Polo Farmacêutico Goiano no Distrito AgroIndustrial de Anápolis (DAIA), projeta quintuplicar a capacidade produtiva atual, que gira em torno de 70 milhões de unidades – comprimidos, ampolas, frascos etc.

Ainda este ano, a empresa prevê o lançamento de 20 produtos, com a meta de conquistar novos mercados e reforçar a presença nas grandes redes de farmácias e drogarias. “Para isso, criamos uma gerência regional no estado de São Paulo, com uma equipe de sete representantes comerciais específicos para cuidar de cada segmento, seja do farma ao hospitalar”, comenta o diretor-superintendente Jailton Batista.

Uma das 40 companhias com maior volume médio de vendas na indústria, segundo a Close-up International, a Vitamedic ampliou em 27% o faturamento do ano passado na comparação com 2017. Seus produtos estão presentes nas redes associadas à Abrafarma, tais como Grupo RD, Farmácias Pague Menos e Farmácias São João; nas redes da Febrafar; além de grupos como Ultrafarma,  Drogarias Campeã, Bifarma e Drogaria Santa Marta.

O portfólio conta com 126 apresentações, entre dermocosméticos, genéricos, MIPs, similares, medicamentos hospitalares e artigos para saúde. Os genéricos totalizam 60% do volume comercializado, mas o líder em unidades é o Algy Flanderil, similar do Ibuprofeno.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar