Hilab é oportunidade de faturamento para farmácias

Presente em cerca de 250 farmácias, o  Hilab, serviço de exames laboratoriais desenvolvido pela Hi Technologies, prevê para os próximos dois meses o lançamento de três novos exames com grande potencial de venda para os estabelecimentos: gripe (influenza), vitamina D e glicemia. O dispositivo garante a entrega dos resultados em até 15 minutos, utilizando apenas algumas gotas de sangue.

O serviço conta com a inteligência artificial, IoT e laboratório próprio para analisar o resultado e emitir o laudo. “O Hilab representa, em muitas farmácias, mais de 40% do faturamento de todos os serviços farmacêuticos. Além disso, muitos farmacêuticos tiveram um acréscimo de 16% na remuneração por conta do dispositivo”, afirma o CEO Marcus Figueiredo. Segundo o executivo, o número de exames aumentou 45% em relação ao mesmo período de 2018. Um dos responsáveis por esse impulso foi o lançamento do exame de hemoglobina glicada.

“Em dez anos, o número de brasileiros com diabetes cresceu mais de 60%. O farmacêutico, por ser o profissional de saúde que mais tem contato com o diabético e com a população de risco, como hipertensos e pessoas com dislipidemias, exerce um papel estratégico na detecção e controle da doença” ressalta Figueiredo.

Além de contribuir para a identificação de doenças crônicas não transmissíveis, o Hilab já auxiliou no diagnóstico de mais de 200 pessoas com suspeita de dengue somente nos primeiros dias do mês de abril.  A faixa etária que se beneficiou desse serviço inclui crianças e idosos, que são os mais vulneráveis à infecção.

Exames de entrada

Para quem deseja implementar o serviço de testes laboratoriais na farmácia, o ideal é começar pela oferta de exames com potencial de mercado abrangente e maior taxa de conversão de venda. “Um teste que tem muita pertinência com os serviços farmacêuticos é o de gravidez (Beta HCG), pois a farmácia é o primeiro lugar que a mulher procura quando está com alguma suspeita. Além disso, o farmacêutico também pode aproveitar o momento para oferecer outros exames, como HIV, sífilis e hepatites”, destaca o CEO.

Outro exame indicado é o de perfil lipídico, um dos mais vendidos pelas farmácias que oferecem o serviço Hilab. Também há uma expressiva adesão ao teste de hemoglobina glicada, citado anteriormente. O Hilab conta com 15 testes para comercialização nas farmácias.

Como funciona

Nos estabelecimentos, o farmacêutico realiza a coleta de sangue no dedo do paciente. O resultado é digitalizado e transmitido instantaneamente via internet para a equipe do laboratório central, localizado em Curitiba (PR), onde é realizada a análise e emissão do laudo. Caso a farmácia esteja interessada na contratação do serviço, sua implantação é realizada em uma semana. O Hilab oferece total apoio ao farmacêutico, com treinamentos, consultoria jurídica e de marketing, além de previsão de demanda, com flexibilidade de mudança de planos.

Gestores interessados em conhecer mais detalhes da plataforma e implementar os exames laboratoriais nas suas farmácias podem acessar a página https://hilab.com.br/contrate-o-hilab/.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar