Sandoz prepara 42 lançamentos até 2023

A Sandoz, divisão de genéricos, biossimilares e produtos maduros da Novartis, prepara um ritmo acelerado de lançamentos para os próximos cinco anos. Até 2023, a indústria disponibilizará ao mercado 42 novos medicamentos, com a meta de ultrapassar o patamar de 1 bilhão de pacientes atendidos nos mais de 160 países onde atua, o dobro do número atual.

“Do total de novas SKUs, quatro serão biossimilares e 38 serão remédios genéricos com foco no varejo, canal que responde por 60% a 70% do nosso faturamento no Brasil”, comenta o diretor estratégico Pedro Aranha. De acordo com indicadores da IQVIA, a Sandoz ocupa as três primeiras colocações entre todas as moléculas top 20 no mercado global, sendo líder nas vendas de amoxiclav, sinvastatina, rosuvastatina, tamoxifen, entre outros.

No ano passado, a indústria registrou US$ 9,9 bilhões em receita líquida, o equivalente a 19% do movimento total da Novartis. Deste montante, 80% correspondem aos medicamentos genéricos. O portfólio reúne 90 moléculas em 254 apresentações. A participação do Brasil no movimento total da companhia não foi revelada, mas a capilaridade do mercado nacional é considerada uma prioridade para o laboratório.

“Temos uma presença consolidada nas grandes redes de farmácias e drogarias, mas buscamos também incrementar nossa atuação junto às independentes para aumentar a competitividade na ponta. Por essa razão, vamos intensificar os investimentos em programas de relacionamento com distribuidores regionais”, acrescenta.

O complexo produtivo de Cambé (PR), especializado na produção de orais sólidos e produtos hormonais, também é visto como uma plataforma estratégica para o crescimento da Sandoz. “Trata-se de um centro de excelência que abastece também alguns países da América do Sul, e que contribui para reforçarmos o compromisso em oferecer à população acesso a medicamentos que combinam alta eficácia e custos acessíveis”, avalia Aranha.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

2 Comentários
  1. Arthur Steiner diz

    Mais genéricos de qualidade no mercado. Ótimo para a saúde de todos nós.

  2. Flavia Loureiro diz

    Será interessante ver a possibilidade de relançarem excelentes e eficientes medicamentos, aprimorados, de valores acessíveis, mas inviáveis devido ao tipo de embalagem.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar