Fort Atacadista inaugura a primeira unidade da Fort Farma, em Chapecó

A unidade do Fort Atacadista em Chapecó (SC) foi a primeira da rede de atacarejos do Grupo Pereira a inaugurar uma unidade farmacêutica da bandeira Fort Farma.

farmácia abriu ao público no último fim de semana e funcionará das 7h às 22h de segunda-feira a sábado e das 8h às 21h aos domingos. Segundo o gerente nacional de marketing do Fort Atacadista, Celso Furtado, “há um plano de expansão robusto para a Fort Farma ao longo dos próximos anos. Posso adiantar que a próxima será inaugurada em Criciúma, também em Santa Catarina”.

A Fort Farma recém inaugurada em Chapecó, no oeste catarinense, ocupa uma área de 230 metros quadrados, onde trabalham 11 funcionários, sendo quatro farmacêuticos. O ambiente tem acesso facilitado para cadeirantes, três caixas e quatro postos de atendimento para garantir agilidade no atendimento. Estão cadastrados mais de 10 mil itens, entre medicamentos, perfumaria, beleza e higiene pessoal. Outro diferencial são as ações farmacêuticas disponíveis ao público: teste de glicemia, aplicação de injeções e aferição da pressão arterial.

O gerente regional do Fort, Lucas Assis, ressalta a comodidade que a farmácia passa a oferecer aos clientes do Fort Atacadista: “O consumidor dispõe de acesso fácil e amplo estacionamento com 340 vagas, pode fazer simultaneamente as compras no atacarejo e na farmácia e ainda dispõe de várias opções de pagamento”. As compras podem ser parceladas em até seis vezes sem juros pelo cartão Vuon, do próprio Grupo Pereira. Também serão aceitos os demais cartões de crédito e de débito.

Fonte: NewTrade

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/05/rede-drogal-chega-a-cidade-de-tiete/

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies