"
"

Ela faz sucesso com marca de cosméticos orgânicos

Ela faz sucesso com marca de cosméticos orgânicos
Patrícia Lima, fundadora da Simple Organic (Foto: Divulgação)

Ela faz sucesso com marca de cosméticos orgânicos – Os alimentos orgânicos chegaram às prateleiras faz algum tempo. A marca catarinense Simple Organic, no entanto, surfou uma onda mais atual: os cosméticos orgânicos. Seus produtos, na verdade, vão além: são orgânicos, veganos, naturais, não testados em animais e sem distinção de gênero para os consumidores.

A empresa de Patrícia Lima, 39 anos, foi lançada na São Paulo Fashion Week de 2017 no formato de um e-commerce. Sua abordagem 100% sustentável era uma novidade no Brasil.

A aceitação foi tão grande que escapou do planejamento da empresária. “Eu tinha 20 mil produtos para vender em seis meses. Em 45 dias, vendi tudo. Isso parece bom, mas na verdade era um problema. Os produtos eram fabricados em Milão e eu não conseguiria repor o estoque rapidamente.”

Patrícia investiu o R$ 1 milhão que ganhou na empresa (Foto: Divulgação)

Patrícia, então, tomou uma decisão arrojada. Seu investimento inicial tinha sido de R$ 1 milhão, usado principalmente em pesquisa e desenvolvimento de produtos. Assim que juntou o primeiro R$ 1 milhão em vendas, ela automaticamente reinvestiu o valor na compra de máquinas para fabricar os itens por aqui — a indústria virou um negócio para o seu marido, que se tornou fornecedor da Simple Organic.

O problema do abastecimento foi resolvido, e o susto serviu para mostrar que a empreendedora tinha uma oportunidade de crescer rapidamente. Em 2018, ela decidiu apostar no formato de franquias. “Fiz um post no Instagram e recebemos mais de 500 e-mails de interessados. Na primeira seleção, em outubro de 2018, fechamos contrato com 12.”

Produtos da Simple Organic (Foto: Divulgação)

Patrícia sempre teve o hábito de usar maquiagem. A ideia da marca surgiu quando a sua filha nasceu, em 2013. “Na hora de amamentar, ela passava a mão no meu rosto e depois na boca. Parei de usar cosméticos. Os produtos naturais no Brasil eram muito segmentados, distantes do meu mundo.”

Fonte: Pequenas Empresas e Grandes Negócios

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies