Notícias do setor farmacêutico

Endometriose atinge até 15% das mulheres em idade reprodutiva

776

Endometriose atinge até 15% das mulheres em idade reprodutiva

Doença crônica caracterizada pela presença do tecido que reveste a cavidade uterina em outras partes do corpo, como ovário, ligamentos uterinos, bexiga e intestino, a endometriose atinge até 15% das mulheres em idade reprodutiva (13 a 45 anos) sendo que 30% podem ficar estéreis, de acordo com a Associação Brasileira de Endometriose (SBE).

Criado para conscientizar a população, nesta quarta-feira (08) é celebrado o Dia Nacional da Luta Contra Endometriose. Segundo o ginecologista Madalena Oliveira Bandeira de Mello, as causas ainda não são comprovadas, mas algumas condições podem favorecer o surgimento da doença: “Início precoce da menstruação, gravidez tardia, menor número de gestações e fatores genéticos. Fatores ambientais também são capazes de contribuir para o aparecimento da endometriose, como a combustão de poluentes”, aponta a especialista.

Os sintomas variam, mas, segundo a médica, em geral, a endometriose causa cólicas menstruais, dor ao evacuar no período menstrual, dores durante as relações sexuais e infertilidade. “Há mulheres que não apresentam nenhum sintoma e algumas descobrem a presença da doença apenas na gravidez. O tratamento depende do estágio, podendo ser com anticoncepcionais, medicamentos hormonais ou, dependendo do grau, cirurgia”, assinala Madalena.

Fonte: ESHoje

Veja também:

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.
document.querySelectorAll('.youtube a').forEach(e=>{e.href = "https://youtube.com/user/partnersupport" })