Amgen bate o recorde mundial em campanha de prevenção à osteoporose

No dia 5 de maio de 2019, a biofarmacêutica Amgen se aliou ao Guinness World RecordsTM e entidades locais de dez países (Brasil, Canadá, México, Colômbia, Turquia, Líbano, África do Sul, Dubai, Arábia Saudita e Kuwait), e quebrou o recorde mundial do Guinness com uma campanha que promoveu o maior número de testes de osteoporose em 24 horas. Mais de 7.000 pessoas foram testadas para determinar o risco de ter osteoporose, uma doença que enfraquece os ossos e os torna suscetíveis a fraturas. https://www.amgen.com.br/

No Brasil, a empresa se uniu a ABRASSO e a Osteoporose Brasil e testou 1.254 pessoas em eventos realizados em São Paulo, Santos e Rio de Janeiro. Os juízes do Guinness estiveram presentes durante os eventos para validar o número de testes realizados.

“A Amgen é uma empresa baseada em ciência e o nosso objetivo com essa campanha era impactar o maior número possível de pessoas para disseminar informações sobre esta doença silenciosa. Por isso foi importante para nós envolver o Guinness World Records para endossar a contagem do número de testes de osteoporose realizados na campanha global de educação ‘Quebre recordes, não quebre ossos'”, diz Mauro Loch, Gerente Geral da Amgen Brasil. “Nos emocionamos bastante de ter conquistado oficialmente este recorde, mas é ainda mais recompensador saber que conseguimos aumentar o conhecimento em relação à doença e ao alto risco de fratura associada à osteoporose, principalmente entre mulheres pós-menopausa”.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/29/amgen-promove-campanha-de-conscientizacao-sobre-a-osteoporose/

O recorde também contou com o apoio do Laboratório Fleury e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“O evento foi intenso. Ficou evidente o propósito único dos colaboradores que trataram com muita gentileza e respeito todos que nos procuravam. A maneira com que as pessoas foram abordadas e recepcionadas, atendidas pelos profissionais que operaram as máquinas e a atenção dispendida pela equipe médica resultou em muitas manifestações de carinho e de agradecimento” disse a Consultora de Processos de CD do Fleury, Fernanda Domingues. “Gratidão é a palavra que reflete a ação, pela oportunidade de ajudar e pelo reconhecimento de todos que participaram.”

Segundo a Fiesp, as informações eram essenciais ao público. “Ficamos extremamente orgulhosos em sediar esta iniciativa em São Paulo. Promover ações como esta, com parceiros tão comprometidos em levar informação e gerar interesse do público, é um dos maiores objetivos do ComSaude”, afirma Gabriela Gazola, coordenadora executiva do ComSaude, da Fiesp.

Osteoporose – Doença silenciosa

Durante a vida de uma mulher o estrógeno tem um papel importante para manter os ossos saudáveis. Na menopausa o corpo produz este hormônio em menor quantidade, contribuindo para o aparecimento da osteoporose, uma doença silenciosa que enfraquece os ossos e os tornam mais suscetíveis às fraturas, que podem limitar os movimentos e, às vezes, até levar à morte1,2.

Estima-se que 200 milhões de pessoas em todo mundo tenham osteoporose. Uma a cada três mulheres com mais de 50 anos sofrerão uma fratura ao longo da vida2.

Dados da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) mostram que dez milhões de brasileiros sofrem de osteoporose, que a cada ano ocorrem cerca de 2,4 milhões de fraturas decorrentes da doença e 200 mil pessoas morrem todos os anos no país como reflexo destas fraturas3.

“A osteoporose não tem sintomas e o que parece ser uma pequena fratura no pulso, por exemplo, pode anunciar que problemas mais graves e debilitantes estão a caminho, como fraturas no fêmur, quadril e lombar. Dependendo do tipo e da gravidade da fratura é comum o paciente ter a mobilidade reduzida ou ficar acamado. Campanhas como essa são muito importantes para ampliar o conhecimento em relação à osteoporose e incentivar testagens para diagnosticar a doença e iniciar o tratamento adequado, diminuindo os riscos de fratura”, diz Dr. Charlles Heldan de Moura Castro, presidente da Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo – ABRASSO.

Sobre a Amgen

A Amgen é pioneira na utilização de células vivas e no mapeamento do genoma humano para desenvolver, produzir e comercializar medicamentos biológicos inovadores. Com a abordagem “biologia em primeiro lugar”, a empresa faz uso da ciência e de tecnologias de ponta para estudar os mecanismos biológicos das doenças e buscar terapias que melhorem a vida dos pacientes.

Fundada nos Estados Unidos em 1980, a Amgen cresceu e se tornou uma das empresas líderes em biotecnologia no mundo, com milhões de pacientes atendidos e com um pipeline de medicamentos com potencial revolucionário em desenvolvimento. Este ano a empresa completa 10 anos no Brasil e está em constante expansão no país, oferecendo um portfólio robusto nas áreas de oncologia, hematologia, doenças ósseas, doenças cardiovasculares e nefrologia.

Para mais informações, visite http://www.amgen.com.br/

Sobre Guinness World Records®

Guinness World Records ® (GWR) é uma autoridade global em conquista de recordes. Publicado pela primeira vez em 1955, o icônico livro dos recordes mundiais do Guinness tem publicação anual e já vendeu mais de 141 milhões de cópias em 40 línguas e mais de 100 países. Além disso, há o Guinness World Records®: Gamer’s Edition (voltado para o mundo dos games), publicado pela primeira vez em 2007, que já vendeu mais de 4 milhões de cópias até agora.

Os programas Guinness World Records® alcançam mais de 750 milhões de expectadores no mundo anualmente e mais de 3,7 milhões assinam o canal do GWR no YouTube, que tem mais de 328 milhões de visualizações por ano. O website do GWR recebe mais de 20,5 milhões de visitas anualmente e tem mais de 15 milhões de seguidores no Facebook.

A divisão de vendas do Guinness World Records® oferece serviços de consultoria customizadas para algumas das marcas e agências mais importantes do mundo para suas campanhas, programas de engajamento de funcionários e eventos ao vivo e de experiência.

Sobre a Osteoporose Brasil

A Osteoporose Brasil foi criada em 2018 por um grupo de médicos e pacientes com o sonho de trazer informações de qualidade e trabalhar as políticas públicas para osteoporose no Brasil.

A entidade acredita que a informação empodera e engaja, e que juntos – Osteoporose Brasil, governo e população em geral – conseguiremos garantir maior qualidade de vida, acesso ao tratamento e resultados positivos para as pessoas com osteoporose no país.

Sobre a ABRASSO

A ABRASSO (Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo) utiliza diversas plataformas com a missão de fomentar, organizar e distribuir conhecimento e permitir formação técnica diferenciada em osteometabolismo, além de garantir a qualidade dos exames de densitometria óssea em nosso país. A densitometria óssea é ferramenta fundamental para o diagnóstico precoce da osteoporose. Através de suas plataformas, a ABRASSO oferece embasamento para uma análise crítica da densitometria óssea e sua interpretação diagnóstica, possibilitando maior exigência por qualidade dos serviços diagnósticos e propiciando melhor cuidado aos nossos pacientes. Multidisciplinar, a ABRASSO coloca o paciente e a osteoporose como prioridades e se engaja para que todos tenham o diagnóstico e tratamento adequados ao tempo em que a prevenção possa minimizar o aparecimento da doença.

Fonte: Terra

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação