Ministério da Saúde pede mudança em contratos para evitar falta de remédios

Ministério da Saúde pede mudança em contratos para evitar falta de remédios
(Foto: Marcelo Casagrande / Agência RBS)

Ministério da Saúde formaliza nessa semana pedido ao Tribunal de Contas da União (TCU) para que contratos de compras de medicamentos para tratamentos contínuos possam ser renovados anualmente, até completar cinco anos. Atualmente, o contrato é anual e ao término uma nova licitação deve ser feita.

O secretário-executivo do Ministério, João Gabbardo, afirmou à coluna que o assunto já foi tratado em uma reunião com o TCU que achou a ideia boa. Medicamentos para transplantados, por exemplo, entrariam na lista dos que seriam possíveis prorrogar. Com a possibilidade de renovação dos contratos, o governo acredita que possa reduzir ou até mesmo evitar a falta de remédios.

Fonte: A Notícia – S

Veja também:

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar