Vice-presidente do Conselho de Farmácia é preso por perseguir ex-namorada

Vice-presidenteO vice-presidente do CRF-MS (Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso do Sul) foi preso na última sexta-feira (10) após descomprimir medida protetiva e perseguir a ex-namorada em Campo Grande. http://www.crfms.org.br/

Conforme o boletim de ocorrência registrado na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher), a namorada do suspeito afirma que terminou o relacionamento com ele em janeiro, mas mesmo depois do término, continua sendo atormentada pelo farmacêutico.

A vítima chegou a registrar outras ocorrências contra o Vice-presidente na Casa da Mulher Brasileira e tinha medida protetiva de urgência, conforme o documento policial.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/10/empresa-dona-do-google-fara-entregas-de-comida-e-remedios-usando-drones-na-australia/

Antes da prisão, no dia 2 de maio, a mulher disse que estava em casa quando ouviu barulho de pedras na janela. Ao sair para ver, ela disse que o ex-namorado estava na porta de casa e disse que não iria embora enquanto não conversasse com ela. O farmacêutico foi preso no Jardim Aero Rancho e permanece detido.

Em nota, o Conselho Regional de Farmácia disse que o profissional pediu afastamento das suas atividades por motivos pessoais. “O CRF/MS esclarece que o farmacêutico protocolou o pedido de afastamento de suas atividades por motivos particulares. Neste momento, por questões legais, o mesmo não está no cumprimento de suas atividades junto à diretoria ou plenário. Ainda sim, o Conselho pode garantir que, enquanto profissional, sempre foi atuante e de conduta correta, e que acompanhará os fatos assim que for informado oficialmente”, disse em nota.

Fonte: Midia Max News

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar

Política de privacidade e cookies