Prati-Donaduzzi recebe farmacêuticos do programa de Pesquisador Trainee

A Prati-Donaduzzi recebeu na segunda-feira (06) as farmacêuticas selecionadas no Programa de Pesquisador Trainee, que é desenvolvido em parceria com o Hospital Erasto Gaertner – referência no combate ao câncer. Para desejar boas-vindas, os colaboradores da indústria envolvidos com a proposta, se reuniram para discutir sobre o andamento dos trabalhos.

O Programa que está em sua primeira edição tem caráter inovador e objetiva a formação de profissionais para as atividades de assistência farmacêutica e desenvolvimento ou melhoria de medicamentos. Também se torna uma forma de comunicação entre a indústria e o hospital com a possibilidade de gerar produtos e serviços que beneficiem a assistência à saúde no país.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/13/projeto-cria-programa-de-atencao-ao-paciente-cardiologico/

A duração do Programa é de dois anos e a carga horária semanal totaliza 44. As farmacêuticas selecionadas ficarão na Prati-Donaduzzi, com sede em Toledo (PR), pelo período de um ano e o outro ano atuarão no Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba (PR). Nesse primeiro ano as pesquisadoras Gabriela Braga e Karen Joice Vilela ficarão na indústria farmacêutica, enquanto Ana Paula De Araujo De Souza e Jessica Almeida Corrêa atuarão no hospital.

Siga o nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/?hl=pt-br

Karen Vilela encontrou no projeto a possibilidade de expandir conhecimentos na área. “Os desafios são enormes e quero aprender ainda mais sobre o funcionamento da indústria e de um hospital para auxiliar no desenvolvimento de produtos que possam oferecer saúde a quem necessita”, conta.

O Gerente de Inovação e Pesquisa Clínica da Prati-Donaduzzi, Liberato Brum Junior, comenta sobre a iniciativa. “Trata-se de um projeto que busca, por meio dos seus pesquisadores, desenvolver produtos para ajudar as pessoas. Estar nesses dois ambientes se torna uma oportunidade de entender esses cenários e buscar soluções por meio de pesquisas”.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico

Você pode gostar também

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação