Notícias do setor farmacêutico

Canabidiol: cada vez mais famoso, mas sem eficácia comprovada no Brasil

964

O canabidiol, ou simplesmente CBD, é um dos componentes que podem ser extraídos da Cannabis Sativa (mundialmente conhecida como maconha) e tem causado estranheza em muita gente ao ser anunciado como um aliado ao tratamento da pele. Segundo a vice-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS, Clarissa Prati, sugere um cuidado maior.

– Com relação à pele, estudos experimentais vêm demonstrando efeito antinflamatório e de regulação da sebogênese. Porém, as pesquisas que incluem seres humanos apresentam número muito pequeno de participantes para uma conclusão satisfatória e consolidada dos resultados, bem como dos efeitos adversos potenciais. No exterior, já há alguns produtos, especialmente cosméticos, contendo a substância. Especialmente para doenças, deve-se avaliar o assunto com cautela até que outros estudos venham a ser realizados – alerta.

Veja também: https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/07/uma-nova-causa-de-demencia-que-se-parece-com-o-alzheimer/

O canabidiol e o delta -9 – tetrahidrocanabinol são as substâncias mais conhecidas derivadas da Cannabis sativa, sendo a primeira bastante estudada há alguns anos, especialmente com relação aos efeitos terapêuticos para casos de epilepsia e outras doenças neurológicas. No Brasil, há uma resolução do CFM (nº2113) que proíbe a prescrição da planta bem como de quaisquer outros derivados que não o canabidiol, empregado para fins exclusivamente de tratamento, obedecendo grau de pureza e forma de apresentação determinadas pela Anvisa.

Siga o nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

Segundo a análise do CFM, não há evidências científicas que comprovem total segurança e eficácia para casos de epilepsia, doença para a qual o Conselho sugere a substância em casos muito graves e sem melhora com o manejo a partir das medicações liberadas no Brasil. A avaliação da literatura disponível, até o momento, sugere o mesmo cuidado para as doenças da pele.

Antes de sair correndo atrás de fornecedores do produto é preciso estar atento. Para as indicações dermatológicas que o canabidiol vem sendo aventado como opção, como prurido, eczema, psoríase e acne, há várias substâncias com segurança comprovada, benefício consolidado e disponibilidade no mercado brasileiro.

Fonte: SIS Saúde

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza cookies para aprimorar sua experiência de navegação. Mas você pode optar por recusar o acesso. Aceitar Consulte mais informação

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.